Dia do Pai

Como os “três grandes” assinalaram o Dia do Pai

O Dia do Pai assinala-se um pouco em todos os setores e os três principais clubes portugueses não são exceção. Veja como é que Benfica, FC Porto e Sporting celebraram este dia.

Os azuis e brancos começaram os festejos dois dias antes

Dia 19 de março, além de ser o 19.º dia do terceiro mês do ano, é também o Dia do Pai. As redes sociais enchem-se de fotografias e publicações de filhos e filhas para pais e as marcas aproveitam a efeméride para fazer campanhas publicitárias especiais. A data é assinalada um pouco por todo o lado e os “três grandes” do futebol português não são exceção.

O Benfica partilhou no Twitter um vídeo que se está a tornar viral. Os filhos de Jonas, Eliseu, Salvio e companhia enviam mensagens para os, segundos quase todos eles, “melhores pais do mundo”. No pequeno vídeo, de pouco mais de dois minutos, os protagonistas são mesmo os filhos e filhas do plantel encarnado.

O FC Porto começou a assinalar o Dia do Pai dois dias antes. A já habitual reunião de equipa que os jogadores fazem com a equipa técnica, no final de todos os jogos, contou com a presença das mulheres e dos filhos do plantel azul e branco. O momento foi inesperado para os jogadores do FC Porto: os familiares foram acompanhados por funcionários do clube, desde as bancadas até ao relvado, e toda a equipa – incluindo Sérgio Conceição – ficou surpreendida.

Família azul e branca, feliz Dia do Pai ????⚪????#FCPorto #DiadoPai #FCPBFC

Posted by FC Porto on Monday, March 19, 2018

O Sporting também começou os festejos mais cedo. Este domingo, foram colocados à venda bilhetes mais baratos do que o habitual – para pais e filhos – para o Sporting-Rio Ave. Além disso, o clube de Alvalade convidou todas as famílias a visitar o Museu Sporting e lançou uma campanha “Especial Dia do Pai” que simplifica a adesão a sócio.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Dia do Pai

Ser pai é fazer de super-homem

Eduardo Sá
19.714

Ser pai é, ao deitar um filho, adormecer quase sempre antes dele. E sentir a sua mão no nosso cabelo. Para saber se estamos ali. E descobrir que, se isso não é o céu, não falta muito para estar perto.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)