Grécia

Varoufakis lança novo partido e critica governo de Tsipras

245

O ex-ministro das Finanças grego apresentou o seu novo partido, o MeRA25, cujos objetivos assumidos são romper com a "escravatura da troika". E não poupou Alexis Tsipras.

AFP/Getty Images

Autores
  • Miguel Santos Carrapatoso
  • Agência Lusa

O ex-ministro das Finanças grego Yanis Varoufakis apresentou esta segunda-feira o seu novo partido, o MeRA25. O objetivo, assumiu, é romper com a “escravatura da troika” e resgatar a “primavera grega”.

Durante a apresentação do partido, Varoufakis criticou abertamente o Governo de Alexis Tsipras por alimentar “a mais tóxica das mentiras” sobre a saída do país do programa de resgate, prevista para o verão. O ex-ministro chegou mesmo a usar o 11 de Setembro e o exemplo norte-americano para criticar os eufemismos usados na política europeia.

“Depois do 11 de setembro, a tortura passou a chamar-se ‘técnicas de interrogatório melhoradas’ e, em Bruxelas, chamaram [à monitorização pós-resgate] ‘vigilância melhorada’. Podiam ser mais imaginativos”, disse Varoufakis.

Segundo o ex-ministro, a Grécia pós-memorando vai enfrentar “as mesmas armadilhas da troika”, embora os credores assumam outro nome, e, “apesar das felicitações”, não será “um país normal dentro da zona euro” e nem sequer poderá desfrutar do nível de supervisão concedido a Portugal.

Sobre o plano do primeiro-ministro, Alexis Tsipras, para criar um colchão financeiro de cerca de 20.000 milhões de euros com o remanescente do resgate e as receitas dos primeiros financiamentos nos mercados internacionais, Varoufakis considerou que esses “restos” estão longe do que a Grécia necessita.

Para o economista e ex-ministro, a “Grécia enfrenta a crise mais urgente desde a guerra civil”, agravada “pela desertificação” resultante da emigração em massa dos jovens com mais formação, uma das questões-chave do manifesto do MeRA25.

Quando anunciou que o seu movimento de esquerda pan-europeu Movimento para a Democracia na Europa 2025 (DiEM 25) iria evoluir para partido, em fevereiro, Varoufakis afirmou tratar-se de “uma força política para trazer de volta o espírito da ‘Primavera grega’”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)