Ambiente

União Europeia prepara-se para próximo Dieselgate

A VW pagou 24 mil milhões de euros, sobretudo nos EUA, pois na Europa escapou entre os pingos da chuva, tal como as outras marcas envolvidas. Para evitar que se repita, a União Europeia alterou a lei.

A União Europeia faz aprovar regras para penalizar as grandes empresas, pensando não só num hipotético futuro Dieselgate, mas também nos eventuais abusos do Facebook e da Google

A Europa prepara-se, mais uma vez, para aprender com os EUA em termos legislativos. Se o Dieselgate custou milhões de euros aos construtores envolvidos, com destaque para o Grupo Volkswagen, mais precisamente 24,7 mil milhões, a União Europeia (UE) não tinha à sua disposição armas para penalizar o infractor. Não tinha, mas vai passar a ter. E das pesadas, para desincentivar habilidades futuras.

Segundo a comissária europeia Vera Jourova, apenas dois programas de protecção de consumidores aplicaram sanções ao grupo alemão, num total de 5,4 mil milhões de euros, “uma gota de água face ao que pagaram nos EUA”, afirmando de seguida que “vai deixar de ser barato mentir e ludibriar”.

A comissária europeia Vera Jourova é das mais activas defensoras da nova legislação

As novas leis vão facilitar os processos, colocados pelos consumidores às grandes empresas, e isto não tem apenas a ver com o Dieselgate, sendo uma medida mais abrangente.

A Organização Europeia de Consumidores saudou a nova legislação, declarando que “já não era sem tempo”, mas chama a atenção para o facto de ainda caber às entidades de cada um dos países a última palavra, tanto mais que acções contra grandes corporações, o que inclui igualmente o Facebook e a Google, motivarão sempre processos longos e dispendiosos. Isto por oposição aos EUA, onde tudo decorre de forma extremamente rápida.

Pesquisa de carros novos

Filtre por marca, modelo, preço, potência e muitas outras caraterísticas, para encontrar o seu carro novo perfeito.

Pesquisa de carros novosExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: [email protected]
História

In memoriam de Franco Nogueira /premium

P. Gonçalo Portocarrero de Almada

“Um homem livre, recto e determinado que lutou, com paixão, pelas suas convicções e pelas suas ideias, (…) para recuperar o espírito que fez a grandeza de Portugal”.

Justiça

Extinguir o Tribunal Central de Instrução Criminal

João Miguel Barros

Escrever que a extinção do TCIC dá um sinal errado à opinião pública porque este foi o “tribunal que mandou prender Sócrates” é não compreender a essência do que é um Tribunal de Instrução Criminal.

Lisboa

Portagens e transporte público

Luís Campos e Cunha

Tal como em outras cidades, deveria existir uma portagem a todos os carros que entram em Lisboa. Se vêm de Sintra ou da Amadora, não importa, são viaturas que utilizam os equipamentos da cidade.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)