Começou da melhor forma o dia de finais para Portugal no Campeonato da Europa de canoagem, que se está a realizar em Belgrado: Fernando Pimenta conquistou mais uma medalha de ouro na prova de K1 1.000, naquela que foi já a terceira seguida na distância depois dos triunfos conseguidos na Rússia (Moscovo, 2016) e na Bulgária (Plovdiv, 2017).

O canoísta que se transferiu este ano para o Benfica terminou a prova decisiva desta manhã de sábado com o tempo de 3.29.200, à frente do húngaro Balint Kopasz (3.29.480) e do alemão Max Rendschmidt (3.31.520). Estavam também nesta final A Roi Rodríguez (Espanha, 3.32,750), Josef Dostal (Rep. Checa, 3.33.530), Aleh Yurenia (Bielorrússia, 3.34.070), Artuur Peters (Bélgica, 3.34.160), Etienne Hubert (França, 3.34.360) e Jost Zakrajsek (Eslovénia, 3.39.200).

Esta foi a 11.ª medalha de Fernando Pimenta em Campeonatos da Europa: soma cinco de ouro (K4 1.000 em 2011; K1 500 e K1 1.000 em 2016; K1 1.000 em 2017; e agora K1.000 em 2018), três de prata (K4 1.000 e K1 5.000 em 2013; K1 500 em 2017); e três de bronze (K1 1.000 em 2011; K1 5.000 e K4 1.000 em 2014). A todos estes títulos junta-se ainda a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de 2012 em K2 1.000 com Emanuel Silva e seis medalhas em Campeonatos do Mundo.

De referir que, esta sexta-feira, Pimenta tinha conseguido o apuramento para duas finais individuais em cerca de duas horas: na primeira eliminatória da distância de K1 1.000, e com um tempo de 3.41,493 minutos, garantiu a única vaga direta para a final; pouco depois, o atleta de Ponte de Lima repetiu a proeza, ficando com a única vaga direta para a final de K1 500 na sua eliminatória, com 1.43,776 minutos (esta final realiza-se apenas no domingo).

Também Joana Vasconcelos e Teresa Portela garantiram esta sexta-feira a qualificação direta para a final de K2 500, ao serem terceiras na sua eliminatória, com um tempo de 1.45,172 minutos, disputando a final no domingo.

Depois de terem falhado o acesso direto à final nas eliminatórias, João Ribeiro, Messias Baptista, Emanuel Silva e David Varela foram segundos na meias-finais de K4 500, com um tempo de 1.24,689 minutos, e também seguiram para a final de domingo. Também já nas meias-finais, Bruno Afonso e Marco Apura qualificaram-se para a final de C2 1.000, vencendo a sua série em 3.46,209 minutos.