PSD

PSD propõe comissão eventual no parlamento para averiguar eventuais adoções ilegais

O PSD propôs esta sexta a criação de uma comissão eventual no parlamento para averiguar eventuais irregularidades na adoção de crianças, na sequência do caso da Igreja Universal do Reino de Deus.

ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

O PSD propôs esta sexta-feira a criação de uma comissão eventual no parlamento para averiguar eventuais irregularidades na adoção de crianças, na sequência do caso da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD).

O anúncio desta comissão eventual foi feito pela deputada do PSD Teresa Morais, que justificou que “o parlamento tem que chamar a si a responsabilidade” de fazer uma averiguação ao que aconteceu e se ainda hoje se registam procedimentos irregulares nas adoções em Portugal.

Esta será a terceira iniciativa anunciada pelos partidos, na sequência do caso das alegadas adoções ilegais pela IURD nos anos 90, revelado por uma série de reportagens da TVI e que motohivou uma petição de cidadãos à Assembleia da República.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)