A estrela que homenageia o presidente dos Estados Unidos no Passeio da Fama, em Hollywood, Los Angeles, foi novamente vandalizada. O suspeito usou uma picareta para destruir completamente a estrela de mármore.

O incidente terá ocorrido durante a madrugada, por volta das 3h00. Segundo a ABC, o suspeito dirigiu-se ao local transportando a picareta num estojo de guitarra e terá destruído a estrela de Donald Trump muito rapidamente. O momento terá sido captado nas câmaras de vigilância. A polícia está ainda a investigar o caso, pelo que ainda não é conhecida a identidade nem as motivações do suspeito. As imagens mostram que a picareta foi deixada no local.

Esta não é a primeira vez que a estrela do atual presidente dos Estados Unidos é vandalizada. Em 2016, um homem também usou uma picareta para destruir a estrela dedicada a Trump quando era apenas empresário e estrela televisiva. O suspeito foi detido e acabou por confessar que o tinha feito para protestar a forma como Trump trata as mulheres.

Desde que Donald Trump anunciou a sua candidatura presidencial que a estrela continuou a ser alvo de vandalismo. Já foi pintada com tinta de spray, preenchida com autocolantes, teve uma sanita dourada com o desenho de um porco com coroa na cabeça colocada ao lado e uma pequena muralha construida à sua volta.

https://twitter.com/break/status/837102676051640324

O Passeio da Fama éa calçada que se estende ao longo da Hollywood Boulevard e da Vine Street, duas das ruas mais movimentadas de Hollywood. A calçada incluiu mais de duas mil estrelas vermelhas em homenagem a pessoas que se destacaram na indústria do entretenimento.

Donald Trump recebeu uma estrela no Passeio da Fama em 2007, pelo trabalho realizado no reality show ‘O Aprendiz’. No concurso Trump testava candidatos para trabalharem nas suas empresas, o que catapultou o empresário para a fama. Foi também neste programa que cunhou a sua frase emblemática “you’re fired” (“estás despedido”).