O diretor do Serviço de Cirurgia Plástica e o diretor do Serviço de Anestesiologia do Centro Hospitalar de São João, do Porto, apresentaram a demissão dos cargos que ocupavam por falta de condições para os exercer, avança o jornal Público.

Álvaro Silva, diretor do Serviço de Cirurgia Plástica, foi o primeiro a comunicar as suas intenções de se demitir, devido às falta de condições para continuar a gerir aquela unidade. As mesmas razões foram apresentadas por João Viterbo, diretor do Serviço de Anestesiologia, que se demitiu na semana passada. O mesmo jornal revela ainda que a demissão de João Viterbo — no cargo de diretor daquele serviço há 11 meses — se deve também às pressões sofridas pelos médicos quando as metas estipuladas não são alcançadas, especialmente o número de cirurgias.

Contactado pelo Observador, o conselho de administração do hospital recusou prestar declarações sobre o caso.