A paralisação parcial do Metro de Lisboa, marcada para esta terça e quinta-feira, foi cancelada, avança o Público.

A decisão foi tomada durante um plenário de trabalhadores realizados ao início da tarde desta segunda-feira depois de a administração ter decidido aceitar a prorrogação da vigência de acordo de empresa por mais um ano, que era exigida pelos trabalhadores. Dos cerca de 400 trabalhadores, apenas 20 votaram contra a proposta de cancelamento da greve, de acordo com o jornal.

Os administradores estiveram reunidos com os sindicatos dos funcionários do Metro no domingo mas não foi possível chegar a um acordo em relação  a outras questões. “Em matéria de aumentos salariais, não houve qualquer evolução”, disse Anabela Carvalheira, dirigente da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações, citada pelo Público.

A greve tinha sido marcada para a semana da Web Summit, que atrai a Lisboa vários milhares de pessoas.