Rapto

Mais de 70 alunos e o diretor da escola foram raptados nos Camarões

Mais de 70 estudantes, entre os 10 e os 14 anos, da Presbyterian Secondary School e o diretor desta escola dos Camarões foram raptados na segunda-feira em Bamenda.

AFP/Getty Images

Cerca de 79 estudantes, entre os 10 e os 14 anos, de uma escola camaronense, a Presbyterian Secondary School, e o seu diretor foram raptados na segunda-feira em Bamenda, a capital da região Noroeste dos Camarões. A BBC avança que o exército do país está a conduzir uma operação de resgate.

As autoridades do país acreditam que possa haver envolvimento de grupos rebeldes separatistas que têm causado distúrbios na região Oeste dos Camarões, durante os últimos anos.

Embora nenhum grupo tenha ainda reclamado o rapto, o governador regional, Adolphe Lele L’Afrique culpou-os por incentivarem um boicote ao sistema de ensino e por quererem rutura com as regiões cuja língua oficial é a inglesa.

Porém há um vídeo a circular nas redes sociais, que se pensa ter sido filmado por um dos raptores, em que se podem observar vários rapazes colocados num quarto de pequenas dimensões, aparentando estar nervosos quando a pessoa que segurava a câmara lhes pede para dizer o seu nome e de onde vinham.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)