Animais

Sinatra, o husky que se perdeu e fez quase 1.800 km de Brooklyn até Tampa

222

Esteve 18 meses desaparecido quando foi encontrado por uma família na Florida, que o levou de volta para a sua família original em Nova Iorque. Redes sociais foram decisivas para um final feliz.

(imagem retirada de um vídeo disponível no artigo da BBC)

Sinatra, um husky siberiano que tinha desaparecido da casa onde vivia com os donos em Nova Iorque, apareceu em Tampa, na Flórida, ao fim de 18 meses. Pelo meio, o cão de pelo em tons de castanho e branco percorreu um total de 1.100 milhas (o equivalente a cerca de 1.770 quilómetros) até ser levado de volta a Brooklyn pela família que o encontrou.

Segundo o The Independent, foi Rose Verill, uma menina de 13 anos, que o encontrou perdido e acolheu. Com a ajuda dos pais, tentou localizar a origem do cão através do chip de identificação, embora o número de telefone a que o dispositivo estava associado não fosse o dos donos de Sinatra.

Preocupada com a origem do animal, a família fez um anúncio no Facebook que os levou a encontrar Lesmore Willis, com quem entraram em contacto de imediato por dizer que era o dono original. Os Verill confirmaram as alegações de Willis, uma vez que este lhes mandou fotos que tinha tirado a Sinatra antes de o perder e por ter indicado que o cão tinha um problema numa das suas patas, algo que a família tinha também confirmado.

A BBC avança ainda que a chegada de Sinatra a casa ficou marcada por um momento triste pois o husky não pode ver a sua dona Zion, de 14 anos, que foi vítima de um acidente doméstico com armas de fogo, meses após o desaparecimento do seu cão. Sinatra, contara depois, era especialista em aproveitar descuidos com as portas por onde se escapulia quando as apanhava abertas: desapareceu em março de 2017 num dia em que a família deixaram o portão de casa aberto. Família ainda pensou que regressasse ao fim de uma hora, mas a verdade é que tiveram de esperar 18 meses para o ter de volta a casa.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Ambiente

Menos é mais /premium

Maria João Marques

Pelo que, caríssimos, está na altura de reconhecer que vivemos num mundo com excesso de embalagem, e irmos a correr para um grupo de ‘Viciados em Excesso de Embalagem Anónimos’.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)