Tottenham e Chelsea apuraram-se esta quarta-feira para as meias-finais da Taça da Liga de futebol inglesa, após afastarem, respetivamente, o Arsenal e o Bournemouth.

Os rivais londrinos juntam-se nas ‘meias’ ao campeão Manchester City e ao surpreendente Burton, do terceiro escalão.

Vingando a derrota 4-2 para o campeonato, há três semanas, o Tottenham impôs-se em casa do rival, revelando-se uma equipa bem mais eficaz.

O sul-coreano Heung-Min Son inaugurou o marcador, quando, aos 20 minutos, saiu nas costas da defesa e bateu o guarda-redes Petr Cech.

O Arsenal teve três hipóteses de empatar até ao intervalo, mas não foi tão eficaz: aos 43, Ramsey viu o guarda-redes argentino Gazzaniga e o poste negarem-lhe o empate.

No segundo tempo, contra-ataque rápido e Kane a isolar ‘Dele’ Ali (59), que na cara de Cech fez um ‘chapéu’, ampliando para 2-0.

Os pupilos de Unai Emery ainda viram a bola roçar novamente o ferro, dois minutos depois, mas não foram capazes se reverter a situação.

O Chelsea só perto do fim conseguiu superiorizar-se ao Bournemouth, com golo solitário do internacional belga Éden Hazard (84), em lance confuso na área.

Tottenham e Chelsea juntam-se ao Burton, que foi afastar o Middlesbrough, da segunda divisão, com 1-0 fora, e ao Manchester City, que foi eliminar o Leicester no desempate por penáltis, após o 1-1 no tempo regulamentar.