Desemprego

Há 30 mil vagas de emprego sem candidatos. Setor da construção regista maior subida de ofertas sem resposta

322

Dados do ministério do Trabalho fornecidos ao Correio da Manhã revelam que comércio e restauração são áreas onde há mais anúncios sem resposta, apesar dos mais de 300 mil desempregados.

Rodrigo Baptista/LUSA

Depois de ter estado a descer, a taxa de desemprego parece ter estabilizado nos 6,7%, mas o número de empregos vagos em Portugal está a aumentar. É essa a conclusão dos dados fornecidos pelo ministério do Trabalho ao Correio da Manhã, que registam uma subida de quase 9% nos postos de trabalho sem candidatos no terceiro trimestre de 2018, face ao período homólogo.

Ao todo, há mais de 30 mil vagas por ocupar — isto apesar de estarem inscritos nos centros de emprego mais de 300 mil pessoas, mais de metade já sem direito ao subsídio de desemprego.

O comércio e a restauração são as áreas onde há maior oferta de emprego, com 9.876 postos de trabalho disponíveis. Segue-se o setor das atividades administrativas (6.428) e o das indústrias extrativas, transformadoras, de eletricidade, gás e água (5.194). Esta última área, contudo, foi a única a registar uma descida no número de vagas sem candidatos (8,1%, segundo as contas do Correio da Manhã).

O setor onde se regista o maior aumento no número de vagas é o da construção. Embora não esteja no top 3 do número de postos de trabalho disponíveis (2.398 ao todo), registou um crescimento de quase 50% face ao último trimestre de 2017.

Contactado pelo Correio da Manhã, o líder da CGTP, Arménio Carlos, ofereceu uma explicação para as 30.031 vagas sem candidato, apontando os “salários baixos” e os “vínculos precários”. “São condições que estão longe de corresponderem às expectativas dos trabalhadores”, declarou.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)