Saiu Julen Lopetegui, entrou Santiago Solari (que treinava a equipa secundária do clube) mas a crise no Real Madrid não parece ter fim à vista. Depois de terem empatado na passada quinta-feira no terreno do Villarreal (próximo adversário do Sporting na Liga Europa), os merengues somaram mais um mau resultado este domingo, 6 de janeiro, perdendo por 0-2 contra a Real Sociedad.

O desalento de Sergio Ramos é bem visível na fotografia (@ Gonzalo Arroyo Moreno/Getty Images)

O primeiro golo da partida foi apontado logo aos 3 minutos, por Willian José, na conversão de uma grande penalidade. Até aos últimos minutos da partida, o jogo manteve-se com 0-1 no marcador e com o Real Madrid à procura de inverter o rumo dos acontecimentos, mas sempre sem sucesso e com muitas queixas de arbitragem devido a dois penáltis que os “blancos” consideram terem ficado por assinalar.

A equipa de Courtis, Benzema, Kroos, Sergio Ramos e do mais recente vencedor da sempre desejada Bola de Ouro, o croata Luka Modric, não só nunca não conseguiu chegar ao golo como jogou a última meia hora com apenas dez jogadores, devido à expulsão de Lucas Vázquez. Aos 83 minutos, Rúben Pardo, que entrara no terreno de jogo há apenas dez minutos (substituindo o médio Mikel Merino), acentuou a crise merengue com um 0-2 que selou o marcador.

A derrota do Real Madrid está a ser considerada quase um escândalo no contexto futebolístico espanhol. Sem margem de erro depois de um empate fora de casa contra o Villarreal, os “blancos” acabaram vergados perante os seus adeptos e no seu próprio terreno, no estádio Santiago Bernabéu, descendo para a quinta posição do campeonato. Com tantas vitórias, nove, como não vitórias — três empates e seis derrotas –, os merengues somam 30 pontos, menos um do que o Alavés, que ocupa a quarta posição da tabela. O Barcelona, que lidera a liga espanhola, está já a dez pontos de distância.

Luka Modric, vencedor mais recente do prémio Bola de Ouro, não conseguiu furar a muralha defensiva da Real Sociedad (@ GABRIEL BOUYS/AFP/Getty Images)

No final da partida, Sergio Ramos, o capitão, disse: “Dos problemas nascem sempre soluções. A equipa precisa de uma mudança, de uma reação (…) A equipa não tem falta de vontade ou de motivação. Temos uma equipa com fome e pelo menos a mim doem-me as pernas de correr hoje. Vamo-nos embora nesse sentido com a consciência tranquila porque deixámos a alma em campo”. Questionado sobre se este é um “fim de ciclo” para Solari, Sergio Ramos disse: “Há duas semanas ganhámos um título. Se achasse que não vínhamos aqui ganhar ficava em minha casa com os meus filhos”.

Já Luka Modric disse: “Não podemos cometer erros no início de cada jogo. Temos de ser claros: isto não é falta de sorte. Criamos muitas oportunidade, mas a bola não entra e sofremos muitos golos. Há razões que explicam porque é que as coisas não estão a correr bem. O árbitro não esteve no seu dia, mas o nosso problema não é o árbitro ou o VAR, apesar de não nos terem ajudado. Os nossos problemas são outros. Há que melhorar muito, temos que estar mais juntos e unidos como equipa em campo”.

Curiosamente, este foi o dia em que o Real Madrid anunciou a contratação do jovem talento Brahim Abdelkader Díaz ao Manchester City.