O festival NOS Primavera Sound acabou de avançar com a programação da próxima edição na íntegra. Face ao festival homólogo catalão, não vai contar com concertos de Nas, Pusha-T, Cardi B ou Janelle Monáe, mas terá Solange (a irmã de Beyoncé Knowles), James Blake, Erykah Badu e Rosalía. O festival decorre entre 6 e 8 de junho, no Parque da Cidade do Porto.

Além do forte quarteto acima mencionado, o Primavera Sound português terá ainda atuações de J Balvin, Interpol, Stereolab, Courtney Barnett, Jarvis Cocker, Modeselektor, Nina Kraviz, Mura Masa, Jorge Ben Jor, Kali Uchis, Danny Brown e Peggy Gou.

Guided By Voices, Yaeji, Neneh Cherry, Sophie, David August, Kate Tempest, Big Thief, Sons of Kemet, Snail Mail, Lucy Dacus, JPEGMAFIA e Low são outros dos artistas e bandas confirmados para a próxima edição do festival português.

Na seleção de artistas nacionais, o NOS Primavera Sound contará com Lena d’Água e Primeira Dama, Surma, Allen Halloween, Dino D’Santiago e ProfJam, entre outros.

LINE-UP NOS PRIMAVERA SOUND 2019

Posted by NOS Primavera Sound on Wednesday, January 16, 2019

[A disposição do cartaz por dias, divulgada nas redes sociais do festival português:]

A estreia de Solange e o regresso da “rainha do neo soul” Erykah Badu

A confirmação de um concerto de Solange Knowles no Porto é ao mesmo tempo uma notícia esperada e muito aguardada. Por um lado, a cantora e irmã de Beyoncé Knowles, que editou o seu aclamado e mais recente álbum A Seat at the Table em 2016 (deverá lançar um disco novo este ano), já tinha atuado no Primavera Sound de Barcelona em 2017. Como nesse ano Solange não atuou no festival homólogo português, era expectável que o fizesse este ano. O concerto no NOS Primavera Sound assinalará, aliás, a ansiada estreia da cantora e compositora em Portugal.

Também merecedor de destaque é o regresso de Erykah Badu a Portugal. A cantora e compositora de 47 anos nascida em Dallas, no estado do Texas, que tem como nome de batismo Erica Abi Wright, é também conhecida como “rainha do neo soul” devido à  mistura de R&B com hip-hop, funk e jazz, que a notabilizou na segunda metade dos anos 1990 e primeira metade dos anos 2000.

Enquadrada muitas vezes no mesmo campo musical do cantor D’Angelo, Erykah Badu foi autora de discos como Baduizm, Mama’s Gun e Worldwide Underground e de canções como “On & On”, “Bag Lady”, “Didn’t Cha Know?” e “Love of My Life”. O último concerto da cantora em Portugal tinha acontecido em 2012, no Cascais Music Festival.

James Blake e Rosalía: haverá encontro em palco?

Outra das curiosidades da próxima edição do festival português passa pela possibilidade de se ouvir uma espécie de dueto de James Blake com Rosalía — duas das atuações mais esperadas deste ano — em palco. O pianista inglês, também compositor de música eletrónica,  convidou a nova coqueluche da música espanhola para o seu próximo disco, Assume Form, que chegará às lojas e plataformas de streaming já esta sexta-feira, 18 de janeiro. A cantora que mistura R&B digital com flamenco afirmou-se no último ano como um dos grandes talentos da música internacional, através do disco El Mal Querer, e é uma das convidadas de luxo de James Blake, que contará ainda com participações dos rappers André 3000 e Travis Scott, do compositor e cantor Moses Sumney e do produtor de música trap Metro Boomin no disco.

Considerando que James Blake e Rosalía estiveram recentemente juntos em estúdio (registando e divulgando esse mesmo encontro através das redes sociais) a compor , não seria de excluir um dueto em pleno Parque da Cidade do Porto. Até porque atuam em dias consecutivos no Porto: 7 e 8 de junho. James Blake e Rosalía foram também confirmados para atuar no Primavera Sound catalão, que decorre de 30 de maio a 1 de junho.

[“Malamente”, de Rosalía, foi uma das canções mais marcantes do ano de 2018:]

Há poucos dias, Rosalía,antecipou-se à organização do festival português e anunciou nas redes sociais que iria atuar no Primavera Sound do Porto.