Venezuela

PCP acusa Bloco de ser um relógio de cuco suíço do lado do imperialismo a propósito da situação na Venezuela

664

O PCP acusou o BE de ser um relógio de cuco suíço do imperialismo norte-americano para "ir sempre na onda do que está a dar a partir da comunicação social dominante", a propósito da Venezuela.

JOSE SENA GOULÃO/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

O PCP acusou o BE de ser um relógio de cuco suíço do imperialismo norte-americano para “ir sempre na onda do que está a dar a partir da comunicação social dominante”, a propósito da situação na Venezuela.

Em matéria de política internacional, o BE parece um relógio suíço. Com uma pontualidade de fazer inveja a qualquer passaroco profissional, desses que saem de caixas coloridas em formato de casinha, com telhados e tudo, aí aparecem eles, sempre a colocar-se ao lado dos interesses do imperialismo”, lê-se em artigo de opinião de um dirigente comunista na edição de hoje do jornal “Avante!”.

O membro da comissão política do Comité Central do PCP João Frazão defende que “assim foi com a situação na Síria e com os ataques aos legítimos representantes e à soberania do povo sírio, reproduzindo ao melhor estilo a argumentação dos falcões da guerra do outro lado do Atlântico”.

“Assim tinha sido já com o voto relativo aos ataques à Líbia por parte da Nato, com o argumento de se estar a condenar um dirigente líbio. Assim foi também relativamente ao Brasil e às críticas ao PT, pela governação naquele país, uma vez mais, esquecendo o perigo e o inimigo principais”, continua o dirigente comunista.

O texto de João Frazão sublinha que “assim volta a ser, inevitavelmente, nos recentes desenvolvimentos na Venezuela, com o BE a posicionar-se ao lado das vozes que reclamam eleições ?livres e justas’, classificando mesmo a posição do Governo português, ou seja a posição dos grandes interesses da União Europeia a que o Governo português deu eco, de ?sensata'”.

“Este último caso é bem revelador da atitude de quem – querendo dar de si um ar completamente assético, por não aceitar que ?existam ditadores bons e ditadores maus’, como referiu um dirigente do BE a propósito da Líbia -, fazendo coro com Trump e Bolsonaro, quer ir sempre na onda do que está a dar a partir da comunicação social dominante”, lê-se ainda.PCP acusa BE de ser um relógio de cuco suiço do lado do imperialismo a propósito da situação na Venezuela

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Eleições Europeias

Querida Europa...

Inês Pina

Sabemos que nos pedes para votarmos de cinco em cinco anos, nem é muito, mas olha é uma maçada! É sempre no dia em que o primo casa, a viagem está marcada, em que há almoço de família…

Educação

Aprendizagem combinada: o futuro do ensino

Patrick Götz

Só integrando a tecnologia na escola se pode dar resposta às necessidades do futuro, no qual os futuros trabalhadores, mesmo que não trabalhando na indústria tecnológica, terão de possuir conhecimento

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)