Portugal prolongou esta quinta-feira a maturidade de 702 milhões de euros em Obrigações do Tesouro em circulação, de 2020 para 2028, foi anunciado.

Segundo a página da Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) na agência Bloomberg, na oferta de troca de Obrigações do Tesouro (OT), a IGCP, que gere a dívida, comprou 702 milhões de euros de “OT 4,80% 15 junho 2020” a 106,87%.

Nesta operação de troca OT, o IGCP vendeu 702 milhões de euros de “OT 2,125% 17 outubro 2028” a 105,67%.

No início de dezembro, Portugal prolongou a maturidade de 1.906 milhões de euros em Obrigações do Tesouro em circulação, de 2020 e 2021 para 2023 e 2027, respetivamente.

No programa de financiamento para 2019, o IGCP já tinha referido a intenção de explorar “oportunidades para realizar operações de troca e recompras de títulos”.

As necessidades de financiamento líquidas do Estado para este ano deverão situar-se em cerca de 8,6 mil milhões de euros, anunciou em janeiro a instituição liderada por Cristina Casalinho.