Rádio Observador

Embraer

Embraer anuncia contrato com a United Airlines para venda de até 39 aeronaves

O novo contrato vale 1,6 mil milhões de euros. O objetivo é substituir os aviões mais antigos da United Airlines. As aeronaves deverão começar a ser entregues em 2020.

Funcionam em Portugal duas fábricas da Embraer

NUNO VEIGA/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

A Embraer assinou um contrato com a United Airlines que inclui 20 pedidos firmes e 19 opções de compra de jatos E175, de 70 lugares, anunciou esta segunda-feira a fabricante de aeronaves brasileira.

Segundo um comunicado da fabricante brasileira enviado aos seus investidores, o contrato assinado tem o valor de 1,9 mil milhões de dólares (1,6 mil milhões de euros) se todas as opções forem exercidas. O pedido firme será incluído na carteira da empresa no segundo trimestre do ano e as entregas deverão começar no segundo trimestre de 2020.

As aeronaves substituirão aviões de 70 lugares mais antigos que atualmente operam com os parceiros regionais da United Airlines.

“Com este contrato, temos a oportunidade de continuar a atender a frota da United com a nossa plataforma E175 que é líder do segmento”, frisou Charlie Hillis, diretor de Vendas e Marketing para América do Norte da Embraer Aviação Comercial. “O foco da Embraer em encontrar soluções que atendam às necessidades de nossos clientes é a principal razão pela qual continuamos liderando este segmento de mercado”, acrescentou.

Incluindo este novo contrato, a Embraer informou que “vendeu mais de 585 jatos E175 para companhias aéreas na América do Norte desde janeiro de 2013, sendo responsável por mais de 80% de todos os pedidos neste segmento de jatos de 70 a 76 assentos”.

A Embraer é fabricante e líder mundial de aeronaves comerciais com até 150 assentos e tem mais de 100 clientes em todo o mundo. A empresa brasileira mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa.

Em Portugal, no Parque de Indústria Aeronáutica de Évora, funcionam duas fábricas da Embraer, sendo que a empresa também é acionista da OGMA – Indústria Aeronáutica de Portugal, com 65% do capital, em Alverca.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)