Mais de 20 anos depois, Jony Ive, responsável pela área de design da Apple, anunciou esta quinta-feira que está de saída do cargo para lançar a sua própria startup, a LoveFrom. Mas a sua relação com a empresa não acaba por aqui: o novo projeto do homem que desenhou produtos como iPhone e o iMac vai ter a Apple como primeiro cliente.

“O Jony é uma figura singular no mundo do design e o seu papel no renascimento da Apple não pode deixar de ser mencionado, desde o inovador iMac ao iPhone e à ambição sem precedentes do Apple Park [a nova sede da empresa], onde recentemente tem colocado tanto do seu cuidado e energia”, referiu Tim Cook, citado em comunicado da Apple. O presidente executivo da empresa acrescentou ainda que “a Apple vai continuar a beneficiar do talento de Jony ao trabalhar diretamente com ele em projetos exclusivos” e referiu que se tratou de uma “mudança natural”.

Com esta saída, o vice-presidente de design industrial Evans Hankey e o vice-presidente de design de Interface Humana, Alan Dye, vão passar a estar temporariamente sob a responsabilidade de Jeff Williams, chefe de operações da Apple. “Williams tem liderado o desenvolvimento do Apple Watch desde o início e vai passar mais tempo a trabalhar com a equipa de design no seu escritório”, acrescentou a nota enviada pela Apple. O anúncio da saída foi também feito numa entrevista ao Financial Times, onde Jony Ive assegurou que vai continuar a estar envolvido com a empresa “durante muitos anos”.

Depois de quase 30 anos e inúmeros projetos, estou muito orgulhoso do trabalho duradouro que fizermos para criar uma equipa, cultura e processo de design na Apple que é incomparável. Hoje está mais forte, mais vibrante e mais talentosa do que em qualquer ponto na história da Apple, referiu Jony Ive, também no comunicado enviado pela Apple.

A equipa de design foi várias vezes premiada ao longo dos anos e junta criativos de todo o mundo. Jony Ive foi o mentor que chefiou a equipa responsável pela criação do iMac, o iPod, o MacBook, o iPhone e os iPads, tendo criado mais recentemente o Apple Stage, um palco desmontável feito a partir de 25 mil peças.

O designer britânico, que em 2012 foi distinguido pela rainha de Inglaterra, chegou à empresa em 1996, numa altura em que a Apple lutava contra graves problemas financeiros. Com a criação do iMac, em 1998, seguido do iPod em 2001 e o iPhone em 2007, a empresa conseguiu mudar o rumo e tornar-se numa das principais gigantes tecnológicas. Steve Jobs, o fundador da Apple, referiu-se uma vez a Jony Ive como o seu “parceiro espiritual na Apple”.