A Apple desativou a aplicação Walkie Talkie devido a um erro informático que permitia utilizar a app para se ouvir o iPhone de outras pessoas sem consentimento, avança o TechCrunch. A empresa norte-americana pediu desculpas.

A aplicação Walkie Talkie permite a quem tem um smartwatch da Apple falar facilmente com outros utilizadores como é possível com intercomunicadores móveis. Em comunicado, a empresa afirma que não teve “conhecimento de que algum utilizador tenha sido afetado”. Contudo, a Apple continua e diz que “desativar a aplicação foi a melhor medida tendo em conta que este erro informático permitia que alguém podia ouvir o iPhone de outro utilizador sem consentimento.

A empresa norte-americana liderada por Tim Cook foi avisada deste bug pela plataforma online que tem para o aviso deste tipo de vulnerabilidades.

Este ano, já é a terceira vez que é divulgado que produtos da Apple têm erros informáticos que podem comprometer a segurança dos utilizadores. Primeiro, foi com o Facetime, a aplicação de videochamadas dos produtos da Apple, que também tinha um erro que permitia utilizar qualquer equipamento como escuta. Neste caso, a empresa demorou a reagir, ao contrário do que agora aconteceu. O segundo problema é mais recente, com o Zoom, uma aplicação feita por outra empresa que também tinha este tipo de falha de segurança, problema que foi entretanto corrigido.