No capítulo dos veículos comerciais eléctricos, nenhum outro fabricante rivaliza com a Renault no que respeita à gama e volume de vendas. Líder europeu nesta classe de veículos, vocacionados para o transporte de cargas sem poluir, os franceses controlam 41,5% do mercado, graças ao furgão Master ZE, de dimensões mais generosas e, sobretudo, graças ao mais pequeno Kangoo ZE.

Concebidos para funcionar em meios urbanos, em que não emitir poluentes é mais importante do que reclamar uma maior autonomia, os Kangoo e Master eléctricos têm dificuldade em agradar a todas as empresas que, por um motivo ou outro, não conseguem aceitar prolongados tempos de recarga e autonomias diminutas, com o Mastrer ZE a reivindicar 120 km e o Kangoo ZE a chegar aos 230 km.

Pretendendo alargar o leque de clientela, a Renault recorreu às células de combustível a hidrogénio, para produzir a bordo a electricidade. As vantagens são várias e todas elas vão ao encontro das necessidades dos clientes. Desde logo, esta solução permite incrementar a autonomia, que salta para os 350 km no Master ZE e para 370 km para o Kangoo ZE – valores ainda em processo de homologação sob o ciclo WLTP. A segunda vantagem, tão ou mais importante, prende-se com o tempo de abastecimento de hidrogénio, limitado a apenas 5 ou 10 minutos (dependendo da pressão a que o hidrogénio é fornecido pelo posto de abastecimento, uma vez que podem abastecer a 350 ou a 700 bar), um período imbatível para veículos eléctricos alimentados estritamente por bateria.

A pequena fuel cell a hidrogénio, construída pela Symbio, desenvolve 10 kW, sendo alimentada por um depósito de hidrogénio de 1,7 kg, no caso do Kangoo ZE, e 2,1 kg divididos por dois depósitos no Master ZE. Curioso é o facto de tanto o Kangoo ZE como o Master ZE manterem baterias anormalmente grandes para veículos a fuel cell (de 22 kWh para o furgão mais pequeno e 33 kWh para o maior), mas que se explica devido à pequena capacidade da célula de hidrogénio, que assim age como um extensor não poluente de autonomia, emitindo apenas água quente.

O Kangoo ZE Hydrogen vai começar a ser comercializado no final de 2019, enquanto o Master ZE Hydrogen só está previsto começar a chegar aos clientes em meados de 2020. O Kangoo ZE com fuel cell está a ser proposto em França por 48.300€, antes dos incentivos do Estado.