568kWh poupados com a
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Cavaco no Japão sugere ao Imperador que traga a nova Imperatriz a Portugal

Este artigo tem mais de 3 anos

Ex-Presidente da República representou o país na entronização do Imperador Naruhito, do Japão, a pedido de Marcelo e do Governo português. Cerimónias contaram com convidados de mais de 160 países.

Cavaco Silva e Maria Cavaco Silva à chegada ao Banquete Imperial oferecido por Naruhito
i

Cavaco Silva e Maria Cavaco Silva à chegada ao Banquete Imperial oferecido por Naruhito

Cavaco Silva e Maria Cavaco Silva à chegada ao Banquete Imperial oferecido por Naruhito

A conversa não terá sido longa, decorreu apenas durante os momentos de apresentação de cumprimentos, mas Cavaco Silva aproveitou a curta troca de palavras para sugerir ao Imperador Naruhito do Japão uma nova visita a Portugal. E, desta vez, acompanhado da Imperatriz Masako.

O ex-Presidente da República representou Portugal a pedido de Marcelo Rebelo de Sousa e do Governo nas cerimónias de entronização, no Palácio Imperial em Tóquio, que esta terça-feira contaram com cerca de 2500 convidados, entre representantes de 160 delegações estrangeiras, 65 chefes de Estado e várias dezenas de chefes de Governo. Naruhito, o novo soberano, tem 59 anos e tornou-se no 126.º imperador do Japão, em maio, quando o pai Akihito abdicou – uma decisão inédita nesta dinastia de mais de dois séculos.

A visita à sala do trono e a a chegada ao jantar oferecido às delegações estrangeiras pelo primeiro-ministro Shinzo Abe

Ao que o Observador apurou, durante a apresentação de cumprimentos ao casal imperial, Cavaco Silva falou das relações históricas entre Portugal e o Japão e das trocas comerciais entre os dois países. Aproveitou ainda para recordar a visita que Naruhito fez a Portugal em 2004, onde passou por Lisboa, Sintra, Coimbra e Porto, e sugeriu que repetisse a viagem para mostrar o país à Imperatriz Masako.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Apresentação de cumprimentos ao Imperador Naruhito e à Imperatriz Mazako, durante o Banquete Imperial

Uma breve conversa que antecedeu o Banquete Imperial servido à noite a 350 convidados, representantes das delegações estrangeiras e altas entidades japonesas. Cavaco Silva, que viajou acompanhado da mulher, visitou ainda a sala do trono, onde de manhã tinha decorrido a cerimónia de proclamação da entronização.

Naruhito e Masako têm uma filha, Aiko, de 17 anos, que apesar de ser descendente direta do Imperador, não pode assumir o trono, já que a sucessão no Japão se faz pela via masculina. O primeiro na linha de sucessão é o irmão mais novo do atual Imperador, o príncipe Fumihito, de 53 anos, com quem o ex-Presidente da República também conversou sobre os 160 anos das relações diplomáticas entre Portugal e o Japão, que se assinalam em 2020.

Na conversa com o príncipe herdeiro Fumihito, Cavaco Silva falou dos 160 anos das relações diplomáticas entre Portugal e o Japão

Durante o Banquete, Cavaco Silva falou ainda sobre o aumento das relações comerciais e turísticas entre os dois países com o primeiro-ministro japonês Shinzo Abe, que terá recordado a visita feita a Portugal em 2014. Já esta quarta-feira, os dois voltaram a estar juntos no jantar oferecido pelo primeiro-ministro às delegações estrangeiras.

Entre os convidados internacionais presentes nas festividades, estiveram os Reis de Espanha, Felipe e Letizia, o Príncipe Carlos de Inglaterra, a Princesa Mary da Dinamarca, o Príncipe Alberto do Mónaco, o Presidente brasileiro Jair Bolsonaro e o ex-Presidente francês Nicolas Sarkozy.

“Banzai”, indultos, cerimónia de 136 milhões de euros e críticas. As imagens da entronização de Naruhito

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.