Uma pista de gelo ecológica é a grande novidade do projeto de animação do Natal nas Caldas da Rainha, onde a câmara vai investir 140 mil euros para ter mais ruas e monumentos iluminados.

“Caldas, Rainha do Natal” é o tema do projeto de animação natalício promovido em parceria pela câmara e pela ACCCRO – Associação Empresarial das Caldas da Rainha e Óbidos – e que terá como principal novidade “uma pista de gelo ecológica”, disse esta segunda-feira à agência Lusa o presidente da associação, Luís Gomes.

A pista, um investimento de 20 mil euros integralmente suportado pela associação, “recorre à utilização de gelo sintético, com uma sensibilidade de 95% [relativamente às pistas convencionais] em termos de patinagem” e sem “os gastos elevados em água ou eletricidade associados a uma pista tradicional”, explicou Luís Gomes.

A associação, cuja nova direção tomou posse em setembro, vai manter a aposta que tem sido feita nos últimos anos em termos de animação de Natal, novamente com uma grande árvore em frente aos paços do concelho.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Não será tão grande como noutros anos, medirá 25 metros [menos oito que a árvore de 2018], mas terá algumas surpresas que a projetarão a outras dimensões”, afirmou o presidente da associação.

Já o número de ruas iluminadas subirá este ano para 46 e a iluminação chegará ainda “a monumentos como o Hospital Termal” e praças da cidade, com destaque para a Praça 05 de outubro, onde será colocado “um presente luminoso com sete metros por sete”, adiantou Luis Gomes.

O tradicional comboio de Natal voltará também a percorrer as ruas da cidade, este ano com a novidade de efetuar três paragens junto aos principais parques de estacionamento subterrâneos, coincidentes com a localização da Pista de Gelo (junto ao Centro Cultural e de Congressos), da árvore de Natal (Praça 25 de Abril) e presente gigante (Praça 5 de outubro).

O bilhete permite entrar e sair do comboio nas várias paragens, possibilitando que as pessoas deixem os carros nos parques e usufruam do comércio e da animação em família”, disse o presidente da ACCCRO.

O projeto, que arrancará no dia 16 de novembro com um concerto com os “Luco Dúcteis”, tem este ano um orçamento de 140 mil euros, suportado pela autarquia do distrito de Leiria.