Cinco pessoas foram detidas na terça-feira pela prática do crime de tráfico de droga na sequência de uma investigação que decorria há quase dois anos em Lisboa, Setúbal, Santarém e Portalegre, informou esta quinta-feira a GNR.

Em comunicado, a GNR explica que os quatro homens e uma mulher, com idades entre os 36 e 49 anos, foram detidos no âmbito de uma investigação por tráfico de estupefacientes, que decorria há cerca de um ano e oito meses.

Durante a operação, a GNR deu cumprimento a 14 mandados de busca, dos quais sete relativos a domicílios, um em estabelecimento de restauração e bebidas e seis em veículos.

De acordo com a GNR, foram apreendidas cinco mil doses de cocaína, quatro mil dose de canábis, três mil doses de heroína, 20 viaturas, 60 telemóveis, uma arma de fogo, quatro balanças de precisão e 35 mil euros em numerário.

Os detidos irão permanecer nas instalações da GNR até serem presentes esta quinta-feira ao Tribunal Judicial de Lisboa para primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação.

A GNR indica ainda que desde o início da investigação já foram detidos oito homens e uma mulher, com idades entre os 24 e os 60 anos. Destes, seis ficaram sujeitos à medida de coação de prisão preventiva e três ficaram com apresentações diárias em posto policial.

Esta ação contou com o reforço das estruturas de investigação criminal dos comandos territoriais de Santarém, Setúbal e Portalegre.