Eleições. Os três gráficos que mostram como fica Espanha

Espanha ficou mais extremada: nenhum partido tem maioria absoluta, o Vox mais do que duplica o número deputados e os independentistas sobem. Veja com ficaram os resultados.

As eleições gerais em Espanha voltaram a trazer um impasse. O PSOE venceu com 28%, mas continua sem maioria absoluta; o PP ganhou deputados; o Vox mais do que duplicou o número de mandatos no Parlamento, passando de 24 para 52; o Ciudadanos caiu a pique, passando de 15,9% para 6,79% e de 57 para 10 deputados (e para a quinta força política); o Podemos é o quarto partido, seguindo-se os independentistas da Esquerda Republicana da Catalunha, com 13 deputados eleitos.

Em abril, recorde-se, o PSOE venceu, mas também sem maioria absoluta, o PP estava mais enfraquecido, o Ciudadanos era a terceira força política, seguindo-se o Unidas Podemos, e o Vox tinha entrado no Parlamento pela primeira vez.

[Veja abaixo os três gráficos que mostram os resultados das eleições gerais de Espanha]

[As reações dos líderes políticos aos resultados eleitorais ]

Recomendamos

Populares

Últimas

A página está a demorar muito tempo.