Por cada nova estrela estrela pop, uma diva histórica da indústria — foi mais ou menos esta a proporção entre os convidados que pisaram a passadeira vermelha de mais uma edição dos American Music Awards, na noite do último domingo, em Los Angeles. Da nova geração de artistas, havia presenças já esperadas. Taylor Swift, Selena Gomez, Camila Cabello, Lizzo e Billie Eilish compareceram à chamada.

Porém, as surpresas ficaram por conta de outra faixa etária. Christina Aguilera não teve a menor chance de passar despercebida com o seu vestido branco de capuz e ombros poderosos assinado por Jean Paul Gaultier. Shania Twain, Toni Braxton e a atriz Jamie Lee Curtis foram outras das presenças improváveis na entrega de prémios que acabou por sagrar Taylor Swift como a nova recordista dos American Music Awards, com um total de 28 estatuetas.

Christina Aguilera vestida por Jean Paul Gaultier © Kevin Mazur/Getty Images for dcp

No que à moda diz respeito, a noite ficou marcada pelo comedimento e por algumas escolhas bastante clássicas, tendo em conta o que é esperado de uma cerimónia que premeia a música. As atrizes Regina King, em Ashi Studio, e Maya Hawke, em Dior, e as cantoras Carrie Underwood e Dua Lipa, em Miu Miu, optaram pelos tradicionais (cintilantes) vestidos de gala.

Outras convidadas quiseram marcar pela informalidade. O estilo inconfundível de Billie Eilish manteve-se intocado — a cantora vestiu-se com xadrez Burberry da cabeça aos pés –, enquanto Ciara, a anfitriã da noite, escolheu uma fato, composto por calças e blazer em azul elétrico. Também Tyra Banks optou por um fato. Contra todas as regras de styling, Lizzo escolheu um vestido curto, cor de laranja, composto por folhos em camada. Uma criação Valentino, acompanhada de uma miniatura da Valentino Garavani, um ícone da marca italiana.

A micro mala Valentino de Lizzo © Kevin Mazur/Getty Images for dcp

Ter corrido o risco valeu-lhe um lugar entre os visuais mais bem conseguidos da noite. Selena Gomez também marcou pontos com um vestido curto verde, assinado pela Versace. Constance Wu, também em Miu Miu, manteve-se discreta e elegante num vestido rosa pálido.

O certo é que as escolhas de guarda-roupa nunca correm bem para toda a gente. Embora tenha sido a grande estrela da noite, Taylor Swift deixou a desejar com o seu Julien Macdonald. Heidi Klum também saiu pouco favorecido com o seu vestido Monsoori. Camila Cabello destacou-se com uma nova escolha ao lado.

American Music Awards. Taylor Swift é a artista do ano e da década

Na fotogaleria, veja os looks que marcaram a passadeira vermelha da 47ª edição dos American Music Awards.