Uma goleada à Nigéria, uma derrota com o Brasil, um “mata-mata” a fechar a fase de grupos do Campeonato do Mundo de futebol de praia: sem margem de erro, Portugal derrotou o Omã por 3-1 num jogo com menos golos do que é habitual e garantiu a qualificação para os quartos da competição que se está a realizar no Paraguai.

16 golos, muita emoção e uma recuperação sem prémio: Portugal perde com o Brasil no Mundial

Rui Coimbra, que já tinha marcado nos dois primeiros jogos da Seleção neste Mundial, inaugurou o marcador logo aos quarto minutos mas Jalal empatou (9′) e fixou o resultado que se registava no final do primeiro período.

Portugal voltaria de novo à vantagem já perto do final do segundo período com um golo de Bê Martins (21′), que viu o seu irmão gémeo Leo Martins sentenciar o resultado final nos minutos iniciais do terceiro e último período (28′), fazendo o 3-1 que permitiu uma outra gestão aos comandados de Mário Narciso do triunfo.

Uma parte de avanço, duas a acelerar de mãos cheias: Portugal começa Campeonato do Mundo a golear Nigéria

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A Seleção Nacional teve de aguardar os dois últimos jogos da fase de grupos para ficar a conhecer o adversário nos quartos: como o Brasil confirmou o favoritismo frente à Nigéria (12-2), Portugal acabou o grupo D no segundo lugar, cruzando com o vencedor do grupo C que foi o surpreendente Senegal, com os pontos da Rússia (que escorregou com os Emirados Árabes Unidos) mas uma maior diferença de golos marcados e sofridos.