O surfista brasileiro Leo Neves morreu este fim de semana durante uma competição em Saquarema, no Brasil, vítima de um ataque súbito. Tinha 40 anos.

O surfista estava na água, em prova para o Saquarema Triple Crown, quando se sentiu mal. Teria já comentado isso mesmo, que se sentia mal, e depois de surfar uma onda da semifinal da competição, Leo Neves remou alguns metros, sentou-se na prancha e caiu à água. A equipa médica no local tentou socorrê-lo e retirou-o do mar, mas não teve sucesso em reanimá-lo.

A causa da morte oficial não é ainda conhecida, mas será divulgada até trinta dias após a morte do surfista. Todos os indícios apontam para que tenha morrido de ataque cardíaco ou consequente afogamento.

Leonardo Neves foi duas vezes campeão do circuito nacional brasileiro e chegou a estar cotado no número 22 do ranking da World Sulf League. Para além de surfista, Leo Neves era também treinador da modalidade.

Num vídeo publicado pela estação de televisão SBT, ouvem-se as comunicações da equipa médica a dar conta que Leo estava com problemas e que tinham que o tirar da água: