Uma colisão entre quatro veículos na Autoestrada 22, junto ao nó de Boliqueime, em Loulé, no Algarve, causou esta tarde três mortos, entre eles uma criança de cinco anos, um homem de 60 e uma mulher de 35 anos, segundo o INEM.

Em estado grave, transportados para o hospital de Faro, estão ainda um menino de dois anos e um homem de 64. Dos cinco feridos ligeiros a registar, há uma criança de quatro anos, outro um bebé de nove meses, uma mulher de 25 anos e dois homens de 53 e 28 anos.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro, em declarações à Lusa, o acidente, que ocorreu às 15:43, obrigou ao corte daquela autoestrada junto ao nó de Boliqueime, no sentido Lagos-Faro.

A circulação na autoestrada foi retomada já depois das 19 horas.

Segundo a página da Proteção Civil, chegaram a estar envolvidos nas operações de socorro, cerca das 17 horas, 34 operacionais dos Bombeiros, GNR, Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e Cruz Vermelha, apoiados por 16 viaturas.

(Artigo atualizado com informação da reabertura da autoestrada)