A startup de tecnologia financeira StudentFinance.com fechou uma ronda de investimento seed (para uma fase muito inicial da empresa) de 1,15 milhões de dólares. O objetivo é redesenhar a forma como se financia a educação lançando acordos de partilha com os alunos, que nos Estados Unidos são conhecidos por ISA. Estes serão os primeiros ISA lançados na Europa.

A StudentFinance.com foi fundada por Mariano Kostelec, Miguel Santo Amaro (também cofundadores da Uniplaces), Marta Palmeiro e Sérgio Pereira. Com sede em Madrid, a fintech desenvolve parcerias com organizações de ensino: os estudantes não pagam as propinas adiantadas e depois é-lhes descontada uma percentagem do salário, quando tiverem um emprego (se este valor ficar acima do ordenado mínimo).

Esta ronda de investimento foi liderada pelo Seedcamp (um dos programas de aceleração mais conhecidos na Europa com um fundo de investimento seed) e pela sociedade de investimento em empreendedorismo social Mustard Seed Maze. Contou ainda com outros investidores conhecidos: José Neves (fundador e presidente da Farfetch), Nuno Sebastião (cofundador e presiente da Feedzai), Carlos Oliveira e Rolf Schrömgens (fundador e presidente da Trivago), entre outros.

“Estamos orgulhosos e incrivelmente empolgados por ter garantido estes investidores de alto nível, que acreditam na nossa missão de tornar a educação mais acessível, enquanto adotamos um modelo baseado em resultados, protegendo as desvantagens dos alunos. É uma honra trabalhar com eles para escalar os ISA em toda a Europa”, afirma o presidente da Mariano Kostelec, em comunicado.

A startup também quer trabalhar com uma grande rede de empregadores para mapear as necessidades de talentos que há no mercado e garantir altas taxas de colocação. Em comunicado, os fundadores afirmam que “este é o futuro do financiamento da educação” e “uma verdadeira alternativa à dívida tradicional.

Este financiamento vai ser usado para construir a infraestrutura tecnológica e de dados e providenciar às escolas parceiras a plataforma que lhes vai permitir aceder aos ISA. Em 2020, o objetivo da empresa é apoiar 500 alunos. Mariano Kostelec e Miguel Santo Amaro fazem parte da equipa fundadora da Uniplaces, startup portuguesa de alojamento estudantil de curta duração que reuniu 30 milhões de euros em investimento.