A segunda fase da alteração da rede de emissores da televisão digital terrestre (TDT) arranca esta segunda-feira, em Vila Nova de São Bento, no concelho de Serpa, um passo essencial para a implementação da quinta geração móvel (5G).

De acordo com um comunicado da Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom), de dia 20 de janeiro, a segunda fase de alteração da rede de emissores da TDT termina em 10 de março.

Trata-se da migração da faixa de frequência 700 MHz, essencial para o desenvolvimento da tecnologia de nova geração 5G, cuja proposta de regulamento para o leilão de atribuição das licenças de espetro está em consulta pública. “Neste período serão alterados 24 emissores, o primeiro dos quais é o de Vila Nova de São Bento, no concelho de Serpa”, referiu o regulador.

De acordo com o calendário das datas de ressintonia dos emissores da TDT, em 25 de fevereiro é a vez de Moura e no dia seguinte de Ferreira do Alentejo.

Em 27 de fevereiro, decorre a alteração da rede de emissores de Melides e Barrancos, seguindo-se Reguengos de Monsaraz, Grândola e Borba.

Em 2 de março cabe a vez a Beja, Redondo e Alcácer do Sal, no seguinte a ressintonia decorrerá em Évora – Entrevinhas, Serpa e Montemor-o-Novo.

Évora Centro, Alta e São Bento, Évora e Mora verão a alteração da rede de emissores da TDT decorrer em 04 de março, Vila Viçosa, Santiago do Cacém, no dia seguinte, e Volta da Pedra, Palmela e Sesimbra em 06 de março.

Em 9 de março, é a vez de Cruz de Pau e Caparica, terminando em Almada no dia seguinte.

Quando o ecrã da televisão ficar negro apenas será necessário fazer a sintonia da televisão ou do descodificador de TDTe continuarão a ver televisão gratuitamente”, referiu a Anacom, salientando que, para ajudar neste processo, o regulador criou uma linha telefónica, de apoio gratuita (800 102 002), que funciona todos os dias entre as 9h e as 22h, para esclarecer dúvidas.

“Caso não consigam fazer a sintonia dos equipamentos por si ou com a ajuda prestada através do número gratuito”, a Anacom “agendará uma vista a casa da pessoa para proceder à sintonia, com técnicos seus e de forma gratuita”, recordou.

“Atenção, a Anacom só irá a casa de quem ligar para o 800 102 002 e se na sequência desse contacto for feito o agendamento da visita”, alertou o regulador.