A Itália registou mais 4.053 casos positivos de infeção pelo novo coronavírus e mais 837 mortes em 24 horas, confirmou a Proteção Civil do país. Os valores são semelhantes aos registados na segunda-feira, sugerindo que a curva da COVID-19 em Itália parece estar a estabilizar.

Desde 29 de janeiro, o dia em que foi registado o primeiro caso de COVID-19 em Itália, o país já registou 105.792 casos, dos quais 12.428 morreram e 15.729 já recuperaram. O ligeiro aumento de casos contabilizados nas últimas 24 horas é justificado pelo facto de Itália ter feito mais testes do que no dia anterior. Mas o pico da pandemia já parece ter sido ultrapassado.

Na Lombardia, a região mais afetada pelo novo coronavírus em Itália, regista neste momento 43.208 casos de infeção, mais 2,5% do que os valores confirmados na segunda-feira. A região que teve um maior aumento de casos nas últimas 24 horas foi Vale de Aosta, que tem 628 doentes, mais 44 do que na segunda-feira, o que simboliza um aumento de 7,5%.