A Câmara do Porto aprovou esta segunda-feira a criação do título de transporte “Porto.” para jovens estudantes residentes no concelho, alargando a gratuitidade nos transportes dos 15 para os 18 anos.

Segundo o vereador do PSD, Álvaro Almeida, a proposta mereceu a aprovação de todos os partidos e também dos sociais-democratas que ficaram ainda satisfeitos por saber que uma das questões que tinha sido levantada, pelo partido, aquando da aprovação do passe “Porto.13-15”, tinha sido corrigida.

“A câmara pagava todos os passes que eram emitidos, mesmo que depois as pessoas não os usassem e pagavam 30 euros. (…) Ouviram, corrigiram e agora este passe só é cobrado à câmara se for utilizado e isso parece-me que é positivo e reduz significativamente os custos para a câmara e foi uma das coisas que permitiu alargar o limite de idade”, explicou.

Também a vereadora da CDU, Ilda Figueiredo, se congratulou com a aprovação da medida, desejando que o título de transporte possa entrar em funcionamento “pleno” rapidamente.

Para a vereadora, este alargamento da gratuitidade do título para jovens dos 13 até aos 18 anos “é muito positiva” e vai de encontro ao que a CDU tem vindo a defender.

A Lusa tentou ouvir o vereador do PS, Manuel Pizarro, mas até ao momento sem sucesso.

Numa nota divulgada no dia 17 de junho, o município explicava a medida, criada pela autarquia como complemento ao passe Sub13, será, como até aqui, integralmente suportada pela câmara, num investimento aproximado de 1,2 milhão de euros, devendo entrar em vigor já a partir de setembro.

Para a autarquia, esta medida, sublinhava a nota divulgada, à data, evidencia o grau de compromisso com a sustentabilidade, “tratando-se de um investimento que potencia a competitividade do território, além de estar alinhado com as políticas de descarbonização” e constituir uma aposta nas novas gerações.

A proposta de alargamento da gratuitidade do passe para os jovens até aos 18 anos foi aprovada esta segunda-feira, irá agora ser submetida a apreciação da Assembleia Municipal.