Comissão de Inquérito

Caixa Geral de Depósitos

Berardo no BCP. Ninguém levantou questões 

Atualizado
Na reunião que aprovou o reforço acionista de Joe Berardo no BCP, em 2007, ninguém levantou questões, revelou ex-administrador do Banco de Portugal, face a um parecer favorável dos serviços.
Vítor Constâncio

Constâncio esteve na reunião que aprova ata do BCP

403
Vítor Constâncio marcou presença na reunião que formalizou a não oposição ao pedido de Joe Berardo para aumentar a participação no BCP. Semanas antes, reuniu com o investidor.
Caixa Geral de Depósitos

Caixa. O homem que recusa ser o bode expiatório

José Cabral dos Santos trouxe um trunfo na manga, uma carta de Berardo a pedir crédito à Caixa. E diz que, naquela fase, era apenas um diretor – criticando administradores que lhe atribuíram culpas.
Caixa Geral de Depósitos

Berardo fez um favor à Caixa? Faria Oliveira ri-se

124
Depois de uma primeira audição que foi mais técnica, nesta segunda vez o ex-banqueiro Faria de Oliveira fez várias revelações sobre o que se passou na Caixa, na La Seda e na relação com Berardo.
Caixa Geral de Depósitos

Porque acelerou na La Seda? "Era objetivo do PS" - como aconteceu

357
No parlamento, PS pergunta a Faria de Oliveira porque "acelerou" na La Seda quando já havia problemas. "Porque era o objetivo do seu governo", diz ex-banqueiro. Siga aqui em direto
Banca

Miguel Maya defende fim do sigilo bancário nas CPI

Miguel Maya admite que “possa não haver sigilo bancário” nas respostas dadas a deputados nas comissões de inquérito. Diz ainda que excesso de liquidez contribui para a descida da margem do crédito.
Caixa Geral de Depósitos

Executar Berardo era da "responsabilidade" da CGD

579
Em entrevista à TSF, Vítor Constâncio reitera que não havia razões para bloquear, inicialmente, o investimento de Berardo no BCP. Havia garantias. Não foram executadas? "É outra questão, essa".
Caixa Geral de Depósitos

"Não quero, não posso, não devo". Mas falou muito

Armando Vara começou a dizer que não falava sobre Vale do Lobo, por causa do processo Marquês, mas acabou por responder a quase tudo. Menos às perguntas que "são uma acusação" só por serem feitas.
Caixa Geral de Depósitos

Berardo recusa dar informação a Parlamento

Associação Coleção Berardo diz que documentos pedidos "extravasam" objeto do inquérito à Caixa. Deputados querem perceber como bancos foram impedidos de executar penhor sobre a dona da coleção.
Caixa Geral de Depósitos

Vara sai em defesa de Constâncio  - como aconteceu

625
Armando Vara diz que se pode apontar muita a coisa a Vítor Constâncio, "mas não é possível apontar nada" na autorização dada a Berardo para aumentar participação no BCP com crédito da Caixa.
Vítor Constâncio

Vítor Constâncio admite processar Filipe Pinhal

1.992
O ex-governador do Banco de Portugal diz que o antigo administrador do BCP "é uma pessoa sem qualquer credibilidade". A reação surge após as declarações de Filipe Pinhal na comissão da Caixa.
Assalto em Tancos

Tancos. CDS quer responsabilizar primeiro-ministro

328
Nas propostas de alteração ao relatório preliminar, que o CDS apresenta esta quarta-feira, deputados acusam relator do PS de ter ocultado o que António Costa e Azeredo Lopes sabiam e podiam ter feito.
Caixa Geral de Depósitos

Assalto ao BCP. "O triunvirato e os operacionais"

465
Em audição repleta de acusações, algumas “sem meio de prova”, Filipe Pinhal descreveu teias de poder, apontou o dedo ao "triunvirato" e aos "operacionais" na tomada de controlo do BCP.
Caixa Geral de Depósitos

A operação "mistério" que nem quem aprovou explica

621
Vieira Monteiro estava fora quando contrato Boats Caravela foi assinado. Mais tarde soube que não cumpria condições aprovadas no conselho. Ninguém assume operação que gerou perda de 340 milhões à CGD.
Caixa Geral de Depósitos

"De 2008 a 2012, Berardo foi o presidente do BCP" - como aconteceu

1.625
Filipe Pinhal diz que quem foi o verdadeiro presidente do BCP entre 2008 e 2012 foi o "Sr Berardo" e não Santos Ferreira. Aponta "triunvirato" de Sócrates, Teixeira dos Santos, Constâncio. Siga aqui.
Caixa Geral de Depósitos

Deputados recusam pedido de escusa de Vara

225
Os deputados da comissão de inquérito à Caixa recusaram o pedido de escusa de Armando Vara para não ir à audição agendada para esta sexta-feira. Constâncio volta no dia 18 de junho.
Caixa Geral de Depósitos

Berardo. O risco "passou de muito bom a muito mau"

103
Jorge Tomé, ex-gestor da Caixa, diz que os bancos obtiveram "a melhor garantia que seria possível ter, naquela altura", com uma indexação do penhor ao valor de cada obra de arte da coleção Berardo.
Caixa Geral de Depósitos

Comissão chama outra vez Constâncio e Duarte Neves

Comissão de inquérito à Caixa aprovou segundas audições ao antigo governador do Banco de Portugal e ao ex-vice-governador, Pedro Duarte Neves. Em causa empréstimo a Berardo para ações do BCP.
Caixa Geral de Depósitos

Berardo queria vender ações? "Isso é conversa" - como aconteceu

136
Jorge Tomé, ex-administrador da Caixa, diz que Berardo nunca quis que a Caixa vendesse as ações do BCP mais cedo, para que se evitassem maiores perdas. Seria algo "impraticável", defende. Siga aqui.
Banco de Portugal

Partidos chamam Constâncio para "reavivar memória"

646
Banco de Portugal foi "conivente" com "anos de irresponsabilidade na banca", diz BE. PCP quer atas de todas as reuniões. PSD quer Constâncio a "reavivar memória" e CDS pondera enviar declarações ao MP
Caixa Geral de Depósitos

CGD só soube quanto emprestou para ações em 2008

329
Norberto Rosa conta que até janeiro de 2008 a gestão da Caixa não conhecia a dimensão dos empréstimos e garantias dadas por ações. Levantamento feito com crise na bolsa revelou 4.600 milhões de euros.
Caixa Geral de Depósitos

Trabalhos do comissão prolongados por 40 dias

Os deputados da comissão parlamentar de inquérito à Caixa vão ser prolongados por mais 40 dias. A sugestão foi feita pelo presidente, Luís Leite Ramos, e foi aceite por todos.
Caixa Geral de Depósitos

CGD. "Créditos não são filhos de pai incógnito"  

678
Quem é o pai da criança? Ou melhor, das perdas de milhões? Ex-vice-presidente da Caixa diz que quem apresentou os projetos também os defendeu. No empréstimo a Berardo foi ex-diretor Cabral dos Santos.
Caixa Geral de Depósitos

Os operações não são "filhas de pai incógnito"  - como aconteceu

Francisco Bandeira diz que ficou estupefacto com o que disse ex-diretor da Caixa. Quem apresenta as operações ao conselho de crédito é quem as defende. "Não são filhas de pai incógnito". Siga aqui.
Assalto em Tancos

Revelações e contradições. O filme de Tancos

Durante seis meses, governantes, militares, polícias e especialistas passaram pela comissão de inquérito ao caso Tancos. Foram 46 audições com surpresas, contradições e perguntas sem resposta.
Caixa Geral de Depósitos

Berardo era rico e contrato permitia cobrar dívida

179
Celeste Cardona defendeu que contrato permitia à Caixa recuperar dívidas a Berardo que era um homem rico, "dizia-se". Sobre poder de Vara para dar sozinho mais crédito a Vale do Lobo, foi caso único.
Caixa Geral de Depósitos

Cardona. Vara decidiu sozinho aumentar crédito - como aconteceu

171
Celeste Cardona lembra que se dizia que Berardo uma pessoa rica que ganhou na bolsa. Contratos iniciais tinham regras adequadas para resolver a situação e destaca coleção de arte valiosa. Siga aqui.
Assalto em Tancos

Tancos. Deputados apontam falhas ao relatório - como aconteceu

Seis meses após o início da comissão de inquérito ao caso de Tancos, o relator da comissão, o deputado socialista Ricardo Bexiga, apresenta o relatório com as primeiras conclusões das 46 audições
Assalto em Tancos

O filme de Tancos: revelações e contradições

Durante seis meses, governantes, militares, polícias e especialistas passaram pela comissão de inquérito ao caso Tancos. Foram 46 audições com surpresas, contradições e perguntas sem resposta.
Assalto em Tancos

MP não entregou informações sobre aviso do furto

Deputados pediram despachos dos juízes que não permitiram escutar informador que falava no planeamento do assalto a Tancos, dois meses antes do crime. Denúncia deu origem a um processo.
Caixa Geral de Depósitos

Reestruturação do crédito de Berardo defendeu CGD

140
Rodolfo Lavrador participou na reestruturação dos créditos da CGD a Joe Berardo. Caixa não obteve mais garantias, mas o ex-responsável considera que foi a solução possível.
Caixa Geral de Depósitos

CGD. Armando Vara ouvido na Comissão a 14 de junho

105
O antigo administrador da Caixa – que atualmente cumpre pena após ter sido condenado no processo Face Oculta – vai ao parlamento para ser ouvido pelos deputados a 14 de junho.
Caixa Geral de Depósitos

Boats Caravela. Vieira Monteiro vai ser chamado

131
Operação gerou perdas de 340 milhões à Caixa. Tomás Correia disse que gestores não foram avisados, mas admitiu "erro monumental". Comissão chama Vieira Monteiro que tinha o pelouro financeiro à data.
Caixa Geral de Depósitos

Operação que perdeu 340 milhões é falha monumental

391
Tomás Correia garante que o conselho de que fez parte não foi avisado para riscos da operação Caravela. Diz que houve falha monumental e que a Caixa devia ter ido para tribunal contestar contrato.
Caixa Geral de Depósitos

PSD pede pareceres que sustentaram penhor da CGD

PSD vai pedir à Caixa os pareceres jurídicos que apoiaram a Caixa na tentativa de execução do penhor sobre os títulos da dona da coleção Berardo, no quadro da reestruturação da dívida.
Caixa Geral de Depósitos

Berardo. CGD deu créditos sem parecer do risco

889
Ex-diretor do risco da Caixa reconhece que alguns créditos concedidos a Joe Berardo a partir de 2008 foram dados sem parecer do risco. E parecer era obrigatório? Sim senhor, respondeu José Rui Gomes.
Caixa Geral de Depósitos

CGD. Comissão sugere retirar comenda a Berardo

289
A comissão parlamentar de inquérito à Caixa deu parecer positivo à proposta do CDS-PP de retirar as comendas ao empresário Joe Berardo, revelouo presidente da comissão, Luís Leite Ramos.
Caixa Geral de Depósitos

Negócios, dívidas e Sócrates. O que disse Barroca

Antigo gestor do Grupo Lena pouco falou sobre Vale do Lobo para não se incriminar. Às perguntas sobre conversas com Governo, Sócrates ou gestores da CGD para favorecer negócios, respondeu sempre não.
Caixa Geral de Depósitos

Barroca: Não discuti expansão da Lena com Sócrates - como aconteceu

107
Joaquim Barroca garante que nunca discutiu com Sócrates expansão do Grupo Lena. E a relação do grupo com o amigo de Sócrates? Carlos Santos Silva vendia conhecimentos, vendia projetos.
EDP

PS branqueou atuação de Sócrates, acusa PSD 

198
PSD fala em "branqueamento da história". PS diz que não concorda com parte do relatório sobre rendas excessivas aos produtores de eletricidade. Ganhos da EDP nas barragens caem do relatório final.
Caixa Geral de Depósitos

Constâncio informado de inspeção a créditos da CGD

648
Antigo responsável pela supervisão, Pedro Duarte Neves, diz que Constâncio foi informado da decisão do Banco de Portugal de fazer inspeção aos créditos dados para compra de ações pela Caixa.
Caixa Geral de Depósitos

Fino investiu tudo. Nada resta para pagar à CGD   - como aconteceu

265
Manuel Fino investiu todo o património em ações do BCP, Cimpor e Soares da Costa que perdeu. O filho garantiu aos deputados que não resta nada para pagar dívida de 260 milhões que ficou na Caixa.
Caixa Geral de Depósitos

Coleção Berardo. CDS pede lista de associados

574
No rescaldo da audição a Berardo e perante o "desrespeito" ao Parlamento, CDS pede atas de assembleias, lista de associados da coleção Berardo e troca de correspondência com Ministério da Cultura.
Caixa Geral de Depósitos

Berardo mudou estatutos para tirar poder a bancos - como aconteceu

4.198
Depois de afirmar que, "pessoalmente não tenho dívidas", e que não é dono de nada, Joe Berardo confirma que mudou estatutos da dona da coleção de arte, tirando poder a bancos credores. Siga aqui.
Caixa Geral de Depósitos

Ex-dono de Vale do Lobo. CGD exigiu ser acionista

Diogo Gaspar Ferreira diz que a Caixa quis entrar no capital de Vale do Lobo para financiar operação e controlar negócio, mas ficou triste quando a gestão do banco se recusou a visitar resort.
Caixa Geral de Depósitos

Irá Joe "partir a loiça e pôr em causa o regime"? /premium

213
"De Joe Berardo espera-se tudo". Sabe o suficiente para pôr muita gente em causa, diz um dos deputados que o vão questionar esta sexta-feira. Falhou pagamento à CGD em 2008, mas execução demorou.
Caixa Geral de Depósitos

Inspeção detetou perdas por registar em 2011  

136
Serviços do Banco de Portugal pediram inspeção a empréstimos para compra de ações dados pela Caixa. Inspeção só avançou dois anos depois, em 2011, e detetou perdas por registar e provisões por fazer.
Caixa Geral de Depósitos

Berardo. Aval pessoal é a "honra" de quem o dá

356
Ex-presidente da CGD diz que obtenção de aval pessoal de Berardo, após crédito entrar em incumprimento, representava a "honra e a imagem" de quem o dá. Mas não executou logo quando voltou a falhar.
Caixa Geral de Depósitos

Relatório da EY é "viciado" e "descuidado"

114
Ex-presidente da Caixa Geral de Depósitos diz que auditoria independente produzida pela EY à gestão do banco produziu "relatório viciado e descuidado" com conclusões "grosseiras e erradas".
Caixa Geral de Depósitos

Parlamento ouve devedores da CGD na próxima semana

Joe Berardo será ouvido no dia 10 de maio. Para a semana estão ainda marcadas audições com Diogo Gaspar Ferreira, ex-presidente de Vale do Lobo, e Manuel Matos Gil que esteve ligado à La Seda.
Caixa Geral de Depósitos

Má operação de Vale do Lobo e a "pessoa" (Berardo)

223
Santos Ferreira assume que créditos que mais perdas geraram foram decididos no seu mandato, mas culpou crise. Admitiu que Vale do Lobo foi uma má operação e negou créditos de favor a Berardo.
Caixa Geral de Depósitos

Parlamento com dificuldade em chamar ex-clientes 

Idade, residência fora do país e inquéritos criminais, são argumentos que podem condicionar a audição de alguns clientes cuja relação com a Caixa gerou perdas.
Caixa Geral de Depósitos

Créditos ruinosos? Ex-gestor lembra lucro fabuloso - como aconteceu

100
Ex-presidente da Caixa admite que seu mandato gerou operações com perdas elevadas. Santos Ferreira atira culpa para crise, mas admite que Vale do Lobo foi "uma má operação" com contornos não normais.
Caixa Geral de Depósitos

CGD. Constâncio avisou Sousa da carta de Almerindo - como aconteceu

167
António de Sousa, que liderou a Caixa entre 2000 e 2004, é o primeiro ex-presidente da Caixa a ser ouvido na comissão de inquérito. Que culpa teve nas perdas do banco público? Siga aqui em direto.
Caixa Geral de Depósitos

CGD. Joe Berardo ouvido na comissão a 7 de maio

219
Comissão de inquérito à Caixa quer ouvir Joe Berardo a 7 de maio. José Sócrates é o único ex-primeiro-ministro na lista de audições, que deverá ser a última, mas tem a opção de responder por escrito.
Assalto em Tancos

Assessor militar diz que nunca falou com Costa

214
Na comissão de inquérito, José Montenegro disse que era raro receber informações privilegiadas e que falava quase sempre com a chefe de gabinete. Nunca sobre Tancos, apesar da "perigosidade do roubo".
Assalto em Tancos

"Pediram-me para destruir os documentos"

O tenente-general António Martins Pereira garante que o memorando do diretor Luís Vieira e do porta-voz da PJM não falava em qualquer operação ilegal. Mas que ambos pareciam "apavorados".
Caixa Geral de Depósitos

"É inconcebível CGD fazer operações especulativas"

151
O antigo presidente do Conselho de Auditoria do BdP disse que os créditos concedidos pela Caixa a Joe Berardo — para adquirir ações do BCP — são operações que não têm lugar num banco público.
Energia

Governo quer "considerar" recomendações

Relatório preliminar do inquérito às rendas na energia começa a ser apreciado pelos deputados na quarta-feira. Galamba frisa que preços baixos são "a grande prioridade".
Comissão de Inquérito

"Mas que 'raio' de auditoria foi esta?"

248
Análise feita sem toda a informação e ausência de avaliação qualitativa sobre as decisões das administrações da Caixa. Trabalho da EY não permite aos deputados retirar grandes conclusões.
Caixa Geral de Depósitos

Análise da EY sofreu com falta de informação   - como aconteceu

Florbela Lima, partner da consultora EY, autora da auditoria aos atos de gestão da CGD entre 2000 e 2015, é a primeira a ser ouvida na comissão de inquérito parlamentar.
EDP

Ambiente crispado condicionou investidores

Ministro da Transição Energética diz que vai defender os cortes nas rendas decididos pelo seu antecessor, mas o foco é outro. "Ambiente crispado" condicionou investidores e discurso teve de mudar.
Comissão de Inquérito

Audições sobre a Caixa só arrancam a 26 de março

Audições da segunda comissão de inquérito à Caixa Geral de Depósitos arrancam a 26 de março com a auditora EY. Deputados querem informação não rasurada de reuniões na Caixa que aprovaram créditos.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)