O basquetebolista norte-americano Vince Carter, que estava ao serviço dos Atlanta Hawks, colocou, esta quinta-feira, oficialmente um ponto final na carreira profissional, aos 43 anos, após 22 temporadas consecutivas na Liga norte-americana de basquetebol (NBA).

“Estou oficialmente retirado do basquetebol profissional. Vou passar a jogar em casa”, confirmou Carter, durante o podcast “The Winging It With Vince Carter”, do site “The Ringer”, depois de no ano passado já ter revelado que esta seria a sua última temporada na NBA.

A NBA encontra-se suspensa devido à pandemia de covid-19, mas com regresso confirmado para 30 de julho. Contudo, os Atlanta Hawks, equipa na qual Carter alinhava desde 2018, não vão integrar o lote de 22 formações que vão concluir a temporada em Orlando, na Flórida.

O base/extremo, que completou 43 anos em janeiro, disputou a sua 22.ª temporada na Liga NBA, tendo estabelecido um recorde de longevidade na prova. Neste periodo, participou em 1.541 jogos e marcou 25.728 pontos, sendo o 19.º melhor marcador da história da NBA.

Apelidado de ‘Air Canada’ desde os tempos em que esteve ao serviço dos Toronto Raptors, a sua primeira equipa na NBA, Carter foi oito vezes selecionado para o ‘All-Star Game’ e foi eleito ‘Rookie do Ano’, em 1999. Em 2000, foi campeão olímpico com os Estados Unidos em Sydney.

Vince Carter representou também New Jersey Nets, Orlando Magic, Phoenix Suns, Dallas Mavericks, Memphis Grizzlies e Sacramento Kings, antes de rumar aos Atlanta Hawks, nos quais agora colocou um ponto final na extensa carreira.