“Noites de fado”

Vários restaurantes em Lisboa

Para quem já ouvia um fado: a pandemia veio alterar muitos planos de férias, mas há um que vai sempre a tempo de acontecer, isto é, ser-se turista na própria cidade (se for o caso). A pensar nisso, no âmbito da campanha “Encontre Lisboa”, várias casas de fado da cidade juntaram-se a propósito de uma iniciativa: jantar e assistir a um espetáculo por 25 euros por pessoa. Basta ir a este site e escolher uma das 15 casas de fado disponíveis e fazer a reserva (através dos números 210 312 807 e 919 878 409). A experiência pode ser comprada de forma isolada — ou fazer parte de pacote que inclui uma estadia de duas noites na região de Lisboa — e a iniciativa é válida durante os meses de julho, agosto e setembro.

Quartier de l'Alfama - Lisbonne

Várias casas de fado da cidade juntaram-se para proporcionar um jantar com espetáculo por 25 euros por pessoa (Gamma-Rapho via Getty Images)

Spot by Fortaleza do Guincho

Praia do Guincho, Cascais; todos os dias, das 11h às 23h. Tel.: 214 870 491

Para uma refeição junto ao mar: o Spot by Fortaleza do Guincho foi inaugurado no início de julho e é apresentado como o novo espaço exterior e interior da Fortaleza do Guincho (o restaurante com estrela Michelin reabre no dia 14). A proposta passa por degustar pratos e petiscos confecionados pelo chef Gil Fernandes na companhia de um cocktail ou de um copo de vinho. Na carta há opções tão diversas como chocos fritos (16 euros) e xerém de toucinho e berbigão à bulhão pato (16 euros) na secção dos petiscos, hambúrguer com carne de novilho, brioche, tomate, alface, cebola caramelizada, queijo e molho BBQ (20 euros) nas sanduíches ou ainda pratos principais como o lombo de porco preto com tajine de cenouras e kumquat (20 euros) e o esparguete de lavagante da nossa costa (36 euros). Não faltam sugestões para petiscar de frente para o mar.

O Spot by Fortaleza do Guincho foi inaugurado no início de julho (©Pedro Sampaio Ribeiro)

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Indoor Skydiving

Auchan Maia, N14, Maia

Para quem não tem medo de alturas: a DreamFly diz-se a única empresa de “indoor skydiving” em Portugal e retomou a atividade a 20 de junho depois de três meses de interrupção devido à pandemia. Cumprindo as normas de segurança da Direção-Geral da Saúde, o túnel de vento na cidade do Porto voltou a estar disponível para receber qualquer pessoa interessada em sentir a adrenalina da queda livre. O túnel de vento de sete metros de altura e três de largura e permite experienciar ainda o paraquedismo de forma segura e num ambiente controlado, com os motores do túnel, que está instalado junto ao Auchan da Maia, a geraram velocidades de vento até 270 quilómetros por hora. Existem vários packs de voo que vão dos 37 euros aos 208 euros (podem ser adquiridos online ou presencialmente, mediante marcação prévia). Nada como consultar o respetivo site.

A DreamFly diz-se a única empresa de “indoor skydiving” em Portugal e retomou a atividade a 20 de junho (© Facebook DreamFly)

Scoop ’n Dough

 R. das Portas de Santo Antão 78, Lisboa; Tel.: 21 134 9314

Para quem gosta de dónutes inusitados: a Scoop ‘n Dough abriu as portas em maio de 2019 com uma premissa bastante diferente, trazendo para o mercado português dónutes vegan. Os sabores são rotativos (em média estão sempre disponíveis 12 sabores) e os bolos em forma de argola são feitos diariamente. Há ainda algumas edições limitadas, sendo que o dónute que continua a ser o campeão de vendas é o “Raspberry & Vanilla”. Nesta casa também se fazem e vendem gelados: há 10 sabores base, mas sempre que possível brinca-se com a sazonalidade da fruta e dá-se primazia aos fornecedores nacionais.

A Scoop ‘n Dough abriu as portas em maio de 2019 (©Manuel Manso)

Rally Fish

Vários restaurantes em Matosinhos

Para quem não passa sem uma boa mariscada: a sétima edição do Rally Fish arranca já esta quinta-feita, 9 de julho, e prolonga-se até ao dia 26 do mesmo mês. Ao todo, 63 restaurantes espalhados por Matosinhos vão proporcionar a degustação de um petisco e de um copo de vinho por três euros. A grande maioria dos petiscos tem o peixe e o marisco como os principais protagonistas, ainda que haja opções vegetarianas e veganas caso seja essa a vontade. Eis alguns exemplos do que pode chegar à mesa: creme de marisco, sopa de pescador, pataniscas, crepes de bacalhau, o espadarte marinado em molho de vinagrete, mexilhões ao vapor e petinga.

63 restaurantes espalhados por Matosinhos vão proporcionar a degustação de um petisco e de um copo de vinho por três euros (©AlexRaths/iStockphoto)

Manhãs Saudáveis na Quinta da Aveleda

Rua da Aveleda, nº2 Penafiel, sábados 11 e 25 de julho e 8 e 22 de agosto; enoturismo@aveleda.pt ou info@playlife.pt

Para quem ficar em forma: a Quinta da Aveleda, em Penafiel, vai abrir as portas durante julho e agosto a propósito do programa “Manhãs Saudáveis”. Nas manhãs dos sábados 11 e 25 de julho e 8 e 22 de agosto, entre as 10h e as 13h, os oito hectares de jardim da propriedade vão estar aptos a receber quem quiser participar nas seguintes aulas: pilates, zumba, cross training, treino funcional ou bodyjump, entre outras modalidades que podem ser praticadas por adultos e crianças — a orientar as sessões estará sempre uma equipa do ginásio Playlife. Mas a iniciativa vai além da atividade física e promove ainda showcookings dados por nutricionistas para dar a conhecer o que verdadeiramente compõe uma alimentação saudável. As atividades na Quinta da Aveleda, que possui certificação “Clean and Safe” do Turismo de Portugal, custam 10 euros para adultos e 5 euros para crianças dos cinco aos 12 anos (inscrições através dos emails enoturismo@aveleda.pt ou info@playlife.pt).

A Quinta da Aveleda, em Penafiel, vai abrir as portas durante julho e agosto a propósito do programa “Manhãs Saudáveis” (© Rui Dias)

Esplanada do JNcQUOI Avenida

Avenida da Liberdade, 182 – 184, Lisboa; todos os dias das 12h às 23h

Para petiscar ao ar livre: o JNcQUOI Avenida aproveitou o bom tempo que se faz sentir e conta agora com uma esplanada novinha em folha, situada em plena Avenida da Liberdade. A ideia é não só aproveitar os dias mais compridos e quentes, como também petiscar ao ar livre. Aqui são servidos petiscos, saladas e sanduíches, tudo com a assinatura do chef António Bóia. Alguns destaques são as ostras do Algarve (a partir de 9 euros), a terrina de foie gras (26 euros) ou o carpaccio de novilho (9 euros). Na ementa há ainda pratos quentes — ovos rotos trufados (20 euros), gambas ao alho na frigideira (21 euros) ou pica-pau JNcQUOI (25 euros). Charcutaria, queijos e sobremesas são naturalmente opções também a considerar.

O JNcQUOI Avenida tem agora uma nova esplanada (© DR)

Brunch num pátio escondido

Rua João Penha, 13, Lisboa. Todos os sábados e domingos, apenas por marcação. 919 300 317. Preço base de 18€

Para quem procura um oásis secreto em plena cidade: quem passar à porta da guesthouse lisboeta Casa Amora nunca imaginaria o tesourinho que esta esconde nas suas traseiras — um pátio interior, totalmente verde e com sombras que os proprietários do espaço abriram agora pela primeira vez para propor um brunch relaxado e praticamente todo caseiro. Com a quebra nas reservas de alojamento decidiram dar a conhecer uma área antigamente só reservada para hóspedes, juntando-lhe uma simpática proposta de comes e bebes feita com produtos da temporada e de outros fornecedores de renome como a padaria Eric Kayser ou a Companhia Portugueza do Chá. Os menus são fixos e estão incluídas sugestões como as clássicas tábuas de carnes, enchidos e queijos, vários tipos de pão, ovos escalfados com tomatada, esmagada de abacate, mousse de iogurte grego com nectarinas e granola caseira, clafouti de cereja e muito mais. Não se esqueça de reservar e aproveite este cantinho onde o tempo parece passar mais devagar.

O brunch “escondido” da Casa Amora fica bem no centro de Lisboa. ©Catarina Inácio