Era uma questão de tempo desde domingo, tornou-se oficial na tarde desta terça-feira: Bruno Tabata, extremo internacional Sub-23 brasileiro do Portimonense, é o sétimo reforço do Sporting para a presente temporada.

Há um outro Bruno em Alvalade: Sporting contrata Tabata e chega aos 20 milhões em reforços esta época

“É o dia mais feliz da minha vida. Estou a realizar um dos meus principais sonhos, que era o de chegar a um gigante europeu. A dimensão do Sporting é gigantesca, não só em Portugal mas também na Europa. É um salto muito grande na minha carreira. Saí de uma equipa que me deu tudo e que me abriu as portas na Europa para poder mostrar o meu valor num grande europeu. Espero estar preparado”, comentou aos órgãos do clube.

“Sempre que defrontei o Sporting senti que estava a defrontar uma grande equipa e que tinha de estar preparado porque tinha jogadores fantásticos à minha frente. Espero, agora, que quem nos defronte ache o mesmo de mim. Já conheço a grandeza do clube e a responsabilidade de vestir esta camisola. Nenhum jogador do Sporting pode dar e querer menos do que títulos e o maior número de vitórias. É isso que os sportinguistas podem esperar de mim”, referiu ainda Bruno Tabata, falando da ligação a Wendel que vem da seleção olímpica do Brasil e das posições que pode ocupar em campo: “Posso jogar nas duas alas ou no meio, não tenho preferência. Estou preparado para jogar onde o mister quiser e aquilo que espero é dar muitas alegrias”.

O Sporting anunciou apenas que o brasileiro assinou por cinco temporadas até 2025, ficando com uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros. Apesar de não haver ainda uma confirmação oficial a esse propósito (que deverá surgir no final do mercado, à semelhança dos último anos), Bruno Tabata custou cinco milhões de euros por metade do passe, sendo que o plano de pagamento é faseado pelos próximos anos. O avançado junta-se assim a Adán (Atl. Madrid), Pedro Porro (Valladolid/Manchester City), Antunes (livre, ex-Getafe), Feddal (Betis), Pedro Gonçalves (Famalicão) e Nuno Santos (Rio Ave) entre os reforços para 2020/21. Ao todo, os leões terão investido um valor próximo dos 20 milhões de euros, quase o mesmo que receberam pela venda de Acuña ao Sevilha e pelo direito de opção de Matheus Pereira exercido este verão pelo WBA.

Sporting confirma saída em definitivo de Acuña para o Sevilha. Acordo deve chegar aos 12,5 milhões

Um outro pormenor: confirmando-se que Bruno Tabata irá utilizar o número 7 com que fez as fotografias da apresentação, Rafael Camacho, o antigo dono da camisola, estará mesmo de saída de Alvalade esta temporada. De acrescentar que o ‘7’ é uma espécie de número maldito em Alvalade desde que Luís Figo deixou o conjunto verde e branco, tendo em conta o histórica de lesões, problemas e insucesso desportivo de quem optou por esse número. Joel Campbell, Rúben Ribeiro, Matheus Pereira e Rafael Camacho foram os últimos a usar a camisola,

O Sporting tem uma maldição à volta da camisola número 7. E os 32 jogadores apresentados fugiram dela