A família real britânica está mais uma vez em rota de colisão uma série de alegadas revelações bombásticas: depois de Finding Freedom, o livro que conta a história do relacionamento de Meghan Markle com o príncipe Harry, ter chegado às prateleiras de todo o mundo, um novo título quer desenterrar uma série de “esqueletos” sobre a relação entre os filhos da princesa Diana. Ou pelo menos assim afirma o seu autor.

Segundo a revista Town and Country, Battle of Brothers: William, Harry and the Inside Story of a Family in Tumult, que é publicado já a 15 de outubro, é assinado pelo historiador e biógrafo britânico Robert Lacey (consultor histórico da série “The Crown”) dá especial atenção à relação nem sempre fácil entre os duques de Cambridge e Sussex. Escrito com a colaboração de uma fonte próxima da família real, o livro detalha as várias peripécias do Megxit, por exemplo, bem como histórias pessoais dos dois irmãos britânicos.

O britânico Daily Mail publicou este fim de semana alguns excertos deste novo livro e algumas revelações têm alimentado as páginas de outros títulos. De acordo com Battle of Brothers, Isabel II simpatizava com Meghan Markle, existia um conteúdo escondido na mensagem de Natal que a rainha fez em 2019 e houve um pedido de William para evitar o casamento de Harry.

A capa de “Battle of Brothers”, o livro de Robert Lacey que é colocado à venda a 15 de outubro

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.