Diogo Lopes

“Piloto de aviões” ou “Power Ranger” eram as respostas mais comuns, quando me perguntavam o que queria ser quando fosse grande. Jornalismo? Nem por isso. Acontece que a vida dá muitas voltas e acabei por vir parar a este mundo de palavras e fotografias - primeiro na Revista Sábado e agora aqui. Entretanto, descobri na comida, na cultura e nas pessoas a certeza de que contar uma história me faz melhor do que combater monstros extraterrestres ou trabalhar numa companhia aérea.

Artigos publicados

A página está a demorar muito tempo.