Cristiano Ronaldo fez na tarde desta sexta-feira um vídeo em direto no Instagram para dizer que “está bem”, a cumprir “quarentena” em casa “sozinho” e garantiu que não “infringiu qualquer regra”: “É simplesmente mentira dizer que não cumpri com protocolos. Fiz tudo autorizado”.

Ronaldo foi cumprimentando todas as pessoas que entravam no vídeo, de vários pontos do mundo, e em várias línguas, agradecendo as mensagens de incentivo que tem recebido. Garantiu que “está bem”, que se “sente bem”, e que continua “sem sintomas”. Tem “o vírus”, mas “não a doença”, explicou.

O jogador português está num andar diferente dos filhos na sua casa de Turim, o que, revela, está a ser difícil, para cumprir a quarentena. “Eles estão bem e eu estou bem. Temos feito uma vida normal, dentro do possível”, disse.

Quanto a conselhos, recomendou… “sol”. “O corpo é a minha arma, mas penso que uma das melhores coisas é apanhar sol, eu gosto muito de sol, gosto muito de apanhar sol, de ficar moreno”.

Aliás, logo no início do vídeo, Ronaldo mostrou que estava na varanda a apanhar uns raios de sol, apesar de o sol não estar forte, para poder sair do quarto, onde cumpre quarentena sozinho.

Ronaldo continuou a transmissão, garantindo que vai manter o contacto noutros vídeos nos próximos dias, para dar conta do seu estado de saúde. “Este vírus é sério, é grave, mas também não é o fim do mundo, há outras doenças também graves. Mas não tenham medo, não se escondam, tenham apenas respeito e cuidem-se”, alertou no final do “live” do Instagram.

Antes tinha-se dedicado a dar conselhos sobre como ganhar mais resistência e imunidade física. Sugeriu “20/30 minutos ao Sol por dia”, algo que considera “muito importante, por causa da vitamina D”, tomar também alimentos ricos em “vitamina C, celénio e Ómega 3”, o que, segundo o avançado português, se consegue com uma alimentação “adequada, com muitas verduras” e “sem abusar dos doces”. Outra sugestão é “fazer desporto” e, para quem não goste de ginásio, “uma caminhada”, porque dar “10 mil passos por dia é fundamental”

Outro dos “melhores remédios”, para Ronaldo, “é uma noite bem passada, com luzes e telefones apagados”, para dormir tranquilo “8 a 9 horas por noite”, como ele consegue fazer.

Os conselhos, promete, vão continuar dentro de dias.