Um surto de Covid-19 identificado num lar de infância e juventude especializado em Arronches (Portalegre) já infetou sete utentes e três funcionários, disse esta quarta-feira à agência Lusa a presidente do município, Fermelinda Carvalho.

Tivemos na sexta-feira um caso positivo [um utente] e a partir daí foi desencadeado o plano de contingência: todos os utentes e funcionários foram testados e ontem [terça-feira], ao final do dia, ficámos a saber os resultados”.

O Lar de Infância e Juventude Especializado (LIJE) PraCachopos, em Arronches, foi inaugurado em 2013, acolhe jovens entre os 12 e os 18 anos, tem capacidade para acolher 20 utentes, mas nesta altura apenas acolhe 13 jovens, contando ainda a instituição com 30 funcionários.

A autarca garantiu que os utentes e funcionários cujo teste resultou positivo estão “bem e assintomáticos”, encontrando-se em confinamento na instituição [utentes] e os funcionários nas suas respetivas residências.

A autoridade de saúde agora vai determinar quem mais vai terá de fazer confinamento, pois existiu alguns contactos entre os funcionários que dividiram turno com os três que ficaram infetados”.

A autarca indicou ainda que estão nesta altura 19 casos ativos no concelho de Arronches.

Segundo o mais recente boletim da Direção-Geral da Saúde, em Portugal morreram 2.635 pessoas dos 149.443 casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus, que provoca a Covid-19.