O principal suspeito pelo rapto de Madeleine McCann, o alemão Christian Brueckner, terá sido agredido, esta segunda-feira, enquanto esperava num tribunal para ser ouvido no âmbito de um processo de tráfico de drogas, pelo qual cumpre pena. Segundo o seu advogado, Friedrich Fuscher, Brueckner foi transportado para o hospital com duas costelas partidas.

A notícia é avançada pelo The Sun. Brueckner compareceu em tribunal esta segunda-feira para ser ouvido num processo relacionado com o tráfico de drogas. Friedrich Fuscher alega que o cliente foi agredido por funcionários que o acompanhavam e diz que vai avançar com uma ação judicial. Já o tribunal garante que o suspeito apenas “caiu” enquanto esperava na cela.

Maddie. Tribunal Federal alemão vai decidir quem responde ao pedido de liberdade condicional de Brueckner

O alemão foi transportado para o hospital, onde recebeu tratamento hospitalar.

Brueckner foi ouvido no tribunal de Braunschweig porque, em janeiro, cumpre dois terços de uma pena de cadeia por tráfico de drogas. O tribunal vai agora avaliar o pedido de liberdade condicional.

Maddie. Tribunal Federal alemão vai decidir quem responde ao pedido de liberdade condicional de Brueckner

O Daily Mail escreve que a acusação se opõe à liberdade condicional devido à investigação sobre o desaparecimento de Madeleine.