A rainha Isabel II e seu marido, o duque de Edimburgo, vão passar o Natal no Castelo de Windsor, em vez de na sua residência em Sandringham, pela primeira vez em 37 anos, informou esta terça-feira a porta-voz do Palácio de Buckingham.

Tendo considerado todos os conselhos apropriados, a Rainha e o Duque de Edimburgo decidiram que este ano vão passar o Natal tranquilamente no Castelo de Windsor”, disse a fonte da Casa Real britânica.

Será a primeira vez em quase quatro décadas que a soberana britânica, de 94 anos, não passará o período do Natal na sua casa em Sandrigham, residência no condado inglês de Norfolk.

Segundo fontes próximas à Casa Real britânica citadas pelo Daily Telegraph, fatores como a idade avançada da monarca e do príncipe Filipe, 99 anos, além da sua relativa fragilidade, foram levadas em consideração na avaliação das opções para a época do Natal, marcada este ano por restrições devido à pandemia.

Como todos, [a rainha e o duque] confiam que as coisas voltarão ao normal em 2021“, disse a mesma fonte ao jornal.