A sonda espacial chinesa Tianwen-1 captou novas imagens do Planeta Marte, entretanto divulgadas pelas autoridades do país.

As imagens, captadas a preto e branco por uma câmara de alta definição, mostram a superfície marciana e as suas crateras, uma delas com quase 620 metros de acordo com a agência chinesa Xinhua. A sonda Tianwen-1 está estacionada na órbita do “planeta vermelho” a uma altitude de quase 350km da superfície.

Estas não são as primeiras imagens divulgadas pela sonda Tianwen-1. As autoridades chinesas já tinham mostrado outras fotografias em que se denotavam os relevos da superfície marciana, em particular as suas crateras e desfiladeiros.

Sonda chinesa enviou para a Terra primeiras imagens recolhidas da órbita de Marte

Apelidada de Tianwen-1 (“Questões para o Céu” em mandarim), a primeira missão da China a Marte tem a ambição de enviar um veículo espacial para obter dados científicos e detetar sinais de vida microscópica para preparar futuras missões de astronautas. A primeira etapa já foi cumprida, a sonda já entrou na órbita de Marte, mas ainda está por pousar no planeta vizinho e iniciar a recolha de amostras para análise científica.

Sonda chinesa chegou à órbita do planeta Marte