Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O primeiro-ministro, António Costa, anunciou esta quinta-feira que a generalidade do território nacional vai avançar para a terceira fase do desconfinamento. Contudo, existem algumas exceções: há quatro concelhos onde a incidência se mantém acima dos 240 casos por 100 mil habitantes e que recuam para a primeira fase e há seis concelhos onde a incidência continua acima dos 120 casos por 100 mil habitantes e se mantêm na segunda fase.

Há ainda 13 concelhos que subiram pela primeira vez acima dos 120 casos por 100 mil habitantes e que por isso vão ter de controlar a evolução da pandemia nas próximas duas semanas para evitar recuos no desconfinamento — e oito concelhos que conseguiram baixar a difusão do vírus e que, por isso, escaparam por pouco a um eventual recuo no desconfinamento. A grande exceção é o ensino, que avança no desconfinamento em todos os concelhos, independentemente das restantes medidas. Isto significa que o ensino secundário e o ensino superior pode regressar às aulas presenciais em todo o país. Veja a lista completa.

Os que voltam à primeira fase:
As esplanadas fecham e os estabelecimentos voltam a funcionar apenas ao postigo; lojas até 200 metros quadrados com porta para a rua deixam de poder ter portas abertas; museus e monumentos fecham.

  • Moura
  • Odemira
  • Portimão
  • Rio Maior

Os que ficam na segunda fase:
Apenas as esplanadas podem continuar a funcionar, com um máximo de 4 pessoas por mesa. Os cinemas, teatros e salas de espetáculo não podem abrir. Os cafés e restaurantes não podem abrir portas para o interior. Os casamentos e batizados continuam a não poder contar com a presença de convidados.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

  • Alandroal
  • Albufeira
  • Carregal do Sal
  • Figueira da Foz
  • Marinha Grande
  • Penela

Na conferência de imprensa o primeiro-ministro tinha anunciado que Beja seria também um dos concelhos que ficaria retido na segunda fase de desconfinamento, mas na sexta-feira a DGS informou que tinha revisto a incidência para 107 casos por 100 mil habitantes, o que colocou o concelho fora desta lista.

Os que têm de estar atentos ao que acontece nos próximos 15 dias:
Podem seguir para a terceira fase, que inclui a abertura de cinemas, teatros e salas de espetáculos, centros comerciais, o interior de cafés e restaurantes e os casamentos e batizados, com 25% da lotação do recinto.

  • Aljezur
  • Almeirim
  • Barrancos
  • Mêda
  • Miranda do Corvo
  • Miranda do Douro
  • Olhão
  • Paredes
  • Penalva do Castelo
  • Resende
  • Valongo
  • Vila Franca de Xira
  • Vila Nova de Famalicão

Os que escaparam ao recuo:

  • Borba
  • Cinfães
  • Figueiró dos Vinhos
  • Lagoa
  • Ribeira de Pena
  • Soure
  • Vila do Bispo
  • Vimioso
  • Beja

Texto editado no dia 16 de abril às 11h32 para retirar Beja da lista de concelhos que não avançam depois de a DGS ter retificado a taxa de incidência e o ministério da Saúde ter confirmado que o concelho irá avançar com a generalidade do país no desconfinamento