Não sendo um dado totalmente decisivo, não deixa de ser um dado relevante. Esta temporada, o FC Porto empatou todos os Clássicos que disputou na Primeira Liga, entre dois contra o Sporting e dois contra o Benfica. Na época passada, uma características mais sublinhadas do percurso do FC Porto foi o facto de ter vencido todos os Clássicos que disputou na Primeira Liga, entre dois contra o Sporting e dois contra o Benfica.

De um ano para o outro, de forma clara, os dragões perderam vantagem no confronto direto. E, só por aí, perderam oito pontos em comparação com a época anterior. Ainda assim, com o empate desta quinta-feira, o FC Porto continua invicto frente ao Benfica, já que não perdeu com os encarnados nos seis jogos que disputaram nas duas últimas temporadas. E apesar dos registos negativos, que têm como expoente o facto de a equipa de Sérgio Conceição já ter perdido mais pontos até à 31.ª jornada do que aqueles que perdeu na totalidade de 2019/20, existem algumas linhas positivas: o FC Porto somou o 25.º jogo consecutivo sem perder na Liga, igualando o melhor registo do treinador desde que este chegou ao Dragão.

Vítor Bruno, a voz (possível) do FC Porto: “Para nós, ficar em segundo ou terceiro lugar é pouco importante”

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Assim, esta quinta-feira, o FC Porto fez o triplo dos remates do Benfica, apesar de ter tido menos pontapés enquadrados, teve mais posse de bola, teve os dois jogadores mais rematadores e beneficiou das exibições positivas de Luis Díaz e Uribe. Mas não conseguiu ganhar. E o empate dos dragões significa que o Sporting pode ser campeão nacional já na próxima jornada, dependendo apenas de si próprio: os leões conquistam automaticamente o título se vencerem o Boavista, na terça-feira, mas podem até festejar no sofá se o FC Porto não conseguir ganhar ao Farense no dia anterior.

Até ao final da temporada, e tendo também em conta a luta pelo segundo lugar — que continua acesa, com o Benfica a quatro pontos –, os dragões ainda têm então de receber o Farense (segunda-feira), de visitar o Rio Ave (dia 15) e terminam a Liga com uma receção ao Belenenses SAD (19 de maio).