Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Ativistas da organização não governamental PETA (Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais, em português), manifestaram-se contra o uso de peles, cobrindo-se de uma substância a que chamam “lama tóxica”. O protesto ocorreu em Sidney, na Austrália, durante a semana da moda de 2021.

A PETA é uma organização que luta para proteger os direitos dos animais e é promotora de várias iniciativas e protestos nesse âmbito.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR