Depois de Espanha, a Suécia: nas últimas horas, a seleção escandinava registou dois casos de Covid-19 e tem agora ameaçada a preparação para o Euro 2020. Depois de Dejan Kulusevski, colega de Cristiano Ronaldo na Juventus, também Mattias Svanberg, jogador do Bolonha, está infetado.

O primeiro caso, de Kulusevski, foi anunciado esta terça-feira na chegada da comitiva a Gotemburgo, onde a seleção sueca começou a estagiar. Anders Valentin, o médico da equipa, explicou então que o jogador de 21 anos teve alguns sintomas durante a manhã e foi submetido de imediato a um teste rápido de despiste que acabou então por ter um resultado positivo.

Sergio Busquets acusa positivo para o novo coronavírus e fica de fora do Euro2020

“Kulusevski não viajou com a equipa para Gotemburgo e está em isolamento com sintomas leves. É triste para ele e para todos nós. É uma situação que causa alguma preocupação mas estamos a seguir todos os protocolos. É um caso e não um surto. Esperemos que assim continue”, disse Valentin, que acrescentou na altura que os restantes 25 jogadores suecos tinham sido novamente testados. Ora, terá sido nessa nova bateria de testes que Mattias Svanberg acabou por testar também positivo.

Na conferência de imprensa, o selecionador Jan Andersson adiantou também que não planeia substituir Kulusevski porque espera que o avançado da Juventus, mesmo falhando a estreia no Europeu, já esteja apto para o segundo jogo da fase de grupos. Resta agora saber se o plano se mantém em relação a Svanberg e se os casos positivos dos dois jogadores são situações isoladas ou o início de um preocupante surto na semana em que começa a competição.

Euro 2020. As seleções que já foram vacinadas, como Portugal, e os casos mais complexos

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A Suécia faz parte do Grupo E do Euro 2020 em conjunto com a Polónia, a Eslováquia e Espanha. Os suecos, cuja convocatória não inclui Zlatan Ibrahimovic por lesão do avançado do AC Milan, estreiam-se no Europeu no dia 14, contra os espanhóis e em Sevilha, defrontam depois a Eslováquia a 18 de junho, em São Petersburgo, e terminam a fase de grupos contra a Polónia, também na Rússia, a 23.