As portas abrem já na próxima segunda-feira, junto ao Pátio da Galé. Com o objetivo de valorizar e promover a moda portuguesa de autor, a ModaLisboa volta a criar um espaço de venda direta ao público, onde será possível encontrar mais de 200 peças, entre vestuário, acessórios e até joalharia, de 11 criadores nacionais.

Esta montra contará com os veteranos Dino Alves (que apresenta aqui algumas peças da coleção primavera-verão 2021), Nuno Baltazar e Valentim Quaresma, mas também com nomes já bem conhecidos do público, como Gonçalo Peixoto, Luís Carvalho e Ricardo Andrez. A seleção fica completa com nomes emergentes da moda nacional, caso de Béhen, Carolina Machado, Constança Entrudo e Duarte, sem esquecer a abordagem mais conceptual de Olga Noronha.

Saia Dino Alves e blusão Béhen x Levi’s © Gonçalo Silva

Sem imposição de estação, cada designer apresenta uma seleção livre de peças. Desta curadoria resultam criações de coleções anteriores, a preços bastante convidativos, e até propostas desenvolvidas em exclusivo para a segunda edição da Pop-up Store ModaLisboa. Os preços variam entre os 860 e os 55 euros e é possível espreitar previamente algumas das peças aqui.

Com uma duração de duas semanas, a loja temporária não poderá deixar de lado as diretrizes da DGS — as visitas serão limitadas à lotação do espaço, além de ser obrigatória a desinfeção das mãos, bem como o uso de máscara.

Rua do Arsenal, 25. De segunda a sexta-feira, das 11h às 19h (de 5 a 16 de julho).