A líder do grupo dos Socialistas e Democratas (S&D) no Parlamento Europeu (PE), Iratxe García Pérez, disse esta quarta-feira em Estrasburgo que a luta do “grande europeu” Jorge Sampaio pela defesa da democracia não morreu com ele.

No debate que se seguiu ao discurso sobre o estado da União Europeia, da presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, a líder dos S&D encerrou a sua intervenção citando o ex-Presidente da República, que morreu em 10 de setembro.

“Dizia Jorge Sampaio, um grande europeu, um grande socialista, que não sabia como seria o mundo dentro de alguns anos, que só esperava olhar para trás e ver que conseguimos preservar os valores da democracia, os direitos fundamentais, a liberdade e a tolerância. Ele já não está connosco, mas a sua luta por estes valores é também a nossa, pela Europa de hoje e para as gerações futuras”.

O grupo S&D integra a delegação dos eurodeputados do PS.

O antigo Presidente da República Jorge Sampaio morreu na sexta-feira aos 81 anos, no Hospital de Santa Cruz, em Carnaxide, Oeiras, onde estava internado desde 27 de agosto, na sequência de dificuldades respiratórias.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A presidente da Comissão Europeia proferiu esta quarta-feira o seu segundo discurso sobre o estado da União, em que apresentou as prioridades para 2022, em áreas como a saúde, ambiente, economia e política externa, entre outras.