Obrigado por ser nosso assinante. Beneficie de uma navegação sem publicidade intrusiva.

Passaram quase 60 dias desde que o ator Rogério Samora deu entrada na Unidade de Cuidados Intensivos Cardíacos do Hospital Amadora Sintra, depois de se ter sentido mal durante as gravações da novela “Amor, Amor”. Aos 62 anos, o ator teve uma paragem cardiorrespiratória.

Ao fim de 58 dias internado, fonte hospitalar continua a confirmar o “prognóstico reservado”, a “situação estável” e o “estado grave”. Rogério Samora mantém-se em coma não ventilado.

Ao Observador, o primo Carlos Samora confirma que a família está à espera de resposta por parte da rede nacional de cuidados continuados. “A inscrição já foi aceite. Estamos a aguardar que haja disponibilidade nos sítios que escolhemos.”

Questionado sobre o estado de saúde do ator, o primo salienta ainda que, embora custe dizê-lo, “para já não há alterações”. “Continuamos à espera que as coisas melhorem.”

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Ao 20 de julho, Rogério Samora foi assistido no local das gravações da novela e deu entrada no hospital pelas 11h30. Desde então, Carlos Samora tem feito algumas publicações no Facebook dando conta do estado de saúde do ator consoante informações que vai recebendo do hospital.

O ator participa na novela “Amor Amor”, exibida desde janeiro de 2021 e que já vai na segunda temporada, onde interpreta a personagem Cajó.

Foi também durante as gravações de uma novela — “A Serra” — que Maria João Abreu sofreu de um aneurisma cerebral, a 30 de abril de 2021. Quase duas semanas depois, a atriz haveria de morrer. Tinha 57 anos.